Atletas olímpicos Gus Kenworthy e Adam Rippon se beijam durante discurso no GLAAD Awards

Durante um discurso em conjunto na cerimônia de premiação da GLAAD, Kenworthy surpreendeu o patinador artístico com um beijo bastante caloroso

O GLAAD Media Awards foi criado em 1990 pela organização não-governamental estadunidense Gay & Lesbian Alliance Against Defamation (GLAAD) para reconhecer e homenagear as representações inclusivas.

Na última edição, a 29ª, que aconteceu precisamente no último dia 12, em Los Angeles, os atletas olímpicos Gus Kenworthy e Adam Rippon esquentaram o ânimo da plateia com este momento:

Gus Kenworthy and Adam Rippon kiss at the GLAAD Awards
Foto: David Crotty/Patrick McMullan

E se tem foto tem vídeo:

E tem GIF também:

Kenworthy revelou publicamente ser gay em 2015, um ano depois de ganhar prata nas Olimpíadas de Sochi. Seu medo, a princípio, era de perder patrocinadores e amigos. Mas a saída do armário foi muito positiva, além de ser tornar um porta-voz da comunidade LGBT, conseguiu ótimos patrocinadores que apoiaram a causa.

Em fevereiro, nas Olimpíadas de Inverno, Gus Kenworthy deu o primeiro beijo gay televisionado em uma Olimpíada:

Adam Ribbon também tem história para contar: foi o primeiro atleta americano abertamente gay a disputar uma Olimpíada de Inverno. Na última competição, se recusou a participar de um encontro com o vice-presidente americano Mike Pence pelo fato do político ter criado um programa de terapia de cura gay.

Primeiro atleta americano abertamente gay a disputar uma Olimpíada de Inverno, após esnobar vice de Trump, ganha medalha