GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

O BBB 21, em pouco mais de duas semanas, já acendeu os nervos dos espectadores. Racismo, LGBTfobia, colorismo, militância seletiva e pressão psicológica são alguns dos temas vigentes na sociedade que estão sendo refletidos dentro da casa.

Na primeira semana, um dos assuntos mais comentados foi a revelação de Gilberto sobre seu passado religioso. O economista de 29 anos afirmou que era Mórmon (membro da Igreja dos Santos dos Últimos Dias) e que decidiu afastar-se da igreja quando optou por assumir sua homossexualidade. Gilberto disse que não se sentia livre para ser quem é dentro dos templos que frequentava. A declaração levantou questões sobre a liberdade sexual e a aceitação para o exercício da fé.

Gilberto, do BBB21, em tempos de missão – Reprodução

O Gay Blog BR foi procurado por um jovem – que preferiu permanecer anônimo – para expor mais um caso de homofobia dentro da mesma denominação religiosa. Segundo o mesmo, a violência e o preconceito são institucionalizados e incentivados.

“Meu nome é XXXXX, sou ex-mórmon, assim como o Gilberto, do BBB. Servimos na mesma missão, mas não o conheci. Assim como ele, eu sofri muito preconceito na missão por ser afeminado. Descobri um livro sobre a igreja mórmon que defende agressões a homossexuais! Um livro que eu nunca tinha visto! Eu tô com muito nojo disso e preciso de ajuda pra divulgar! Final da página 13 e página 14. Vale lembrar que esse é o site oficial da igreja, eles mantém o livro online para qualquer um ler“, disse.

O livro em questão tem por título “Somente para Rapazes”, de Boyd K. Packer, que chegou a ser sucessor direto da presidência mundial da igreja e é considerado “profeta, vidente e revelador de Deus”. As passagens são bizarras. Antes da defesa a agressão, o “profeta” escreve, nas páginas 12 e 13:

“Há algumas circunstâncias em que os rapazes podem ser tentados a bulir uns com os outros, a terem um contato físico uns com os outros, de forma não usual. […] Às vezes, isso começa  num momento de ociosidade néscia, quando os rapazes estão simplesmente brincando aqui e acolá. Mas não é apenas uma tolice. É extremamente perigoso. Tais  práticas, embora tentadoras, são perversões. Quando um rapaz está no caminho para tornar-se um homem, tais experiências podem desviar os desejos normais e pervertê-lo, não apenas física, mas emocional e espiritualmente também”.

Após este parágrafo altamente preconceituoso e sem apoio científico, Packer comete crime de incitação a violência.

“Certa vez, em que estive em uma das missões, um missionário disse-me que tinha algo a confessar. Fiquei muito preocupado porque ele não conseguia se recompor para me contar o que havia feito. Após paciente encorajamento, ele finalmente disse, num sobressalto: ‘Eu bati no meu companheiro.’ […] Após ouvir um pouco mais da história, minha reação foi: ‘Bem, ótimo. Alguém tinha de fazê-lo, e não ficaria nada bem para uma Autoridade Geral resolver o problema dessa maneira”.

Ele finaliza sua opinião sobre o tema dizendo, na página 15: “Existe um conceito falso de que algumas pessoas nasceram já com atração por sua própria espécie, e nada podem fazer a respeito disso. Eles são ‘assim’, e a única coisa que podem fazer é sucumbir a esses desejos. Essa é uma mentira maliciosa e destrutiva. Embora seja uma ideia convincente para alguns, é ideia do demônio. Ninguém vem ao mundo preso a tal tipo de vida. […] Rapazes devem tornar-se homens, masculinos, másculos – finalmente, devem tornar-se maridos e pais. Ninguém está predestinado a um pervertido uso desses poderes”.

Reprodução

A Igreja dos Santos dos Últimos Dias surgiu no século XIX, nos Estados Unidos, em um momento histórico em que surgiram outras grandes denominações cristãs da atualidade, a Igreja Adventista do Sétimo Dia e as Testemunhas de Jeová. Curiosamente, é uma denominação não considerada cristã por diversas outras igrejas, uma vez que sua teologia apoia-se não apenas na Bíblia, mas no Livro de Mórmon. O livro é uma comunicação entre Deus e os habitantes das Américas. Segundo o mesmo, Jesus haveria visitado o continente após a sua ressurreição.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Catarinense, 25 anos e professor de Literatura e Língua Inglesa. Homem gay, apaixonado por música e que respira futebol e cultura latino-americana.