GAY BLOG BR by SCRUFF

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, preso por atentar contra instituições republicanas, gravou um áudio para os correligionários no WhatsApp fazendo críticas ao Supremo Tribunal Federal e fazendo ameaças contra o ministro Alexandre de Moraes.

Preso na última sexta-feira, Roberto Jefferson acredita ser vítima de "ditadura gay"
Reprodução

“Eu sei que tem muito pai de santo aí no Supremo. Normalmente o pai de santo ‘arreia o bombo’, é gay. E tem aí uns ministros gays, como a gente notoriamente tem notícias deles. Tem os ministros de rabo preso e os de rabo solto. Nós vamos nos enfrentar”, disse em devaneio.

“Já falei para o Xandão uma vez e vou repetir: ‘O buraco comigo é mais embaixo, Xandão. Sei que você é metido a valente, mas nossa conta é pessoal daqui para frente. Não tem saída. Você está perseguindo pessoalmente a mim e ao PTB. A vida vai nos colocar frente a frente”, ameaçou.

“O Supremo é um partido comunista que tem o poder de expedir mandados de prisão em inquéritos que são vazios. Eles chegaram no limite da inconstitucionalidade e agressão à ordem jurídica. Foi assim na Venezuela e estamos vendo isso no Brasil: os conservadores sendo presos por um tribunal corrupto”, inicia a mensagem de Roberto Jefferson.

“Hoje o STF é uma organização criminosa para servir aos interesses dos comunistas e pra praticar abuso de autoridade constrangimento ilegal, e atua contra as pessoas que creem e militam democraticamente a favor da liberdade, deus, pátria e família”, surtou.

Jefferson finaliza a mensagem dizendo, sem provas, que o STF representa “o cerceamento das liberdades democráticas, da lei, da ordem, da família, de deus, da liberdade, da vida, vocês representam o outro lado. Vocês representam a ditadura marxista cumpliciada com a oligarquia mundial”.

Roberto Jefferson é preso por ataques às instituições democráticas

A Polícia Federal prendeu o ex-deputado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, na manhã do dia 13 de agosto. A ordem veio após a abertura de um inquérito sobre milícia digital, com um mandado de prisão preventiva expedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, sem prazo para acabar. As informações são do G1.

Alexandre de Moraes também determinou que haja o bloqueio de conteúdos postados por Jefferson nas redes sociais, e ordenou a apreensão de armas e acessos a mídias de armazenamento. Já Roberto Jefferson postou em uma rede social que a Polícia Federal chegou a fazer buscas na casa de parentes pela manhã.

“A Polícia Federal foi à casa de minha ex-mulher, mãe de meus filhos, com ordem de prisão contra mim e busca e apreensão. Vamos ver de onde parte essa canalhice”, escreveu o ex-deputado.

O advogado de Jefferson, Dr. Luiz Gustavo Pereira da Cunha, informou que só vai se manifestar após ter acesso a íntegra da decisão do mandado de prisão e da busca e apreensão. O Supremo Tribunal Federal determinou que a procuradoria-geral da República se manifestasse sobre o pedido de prisão feito pela Polícia Federal, mas o parecer ainda não foi feito.

O inquérito em si foi aberto em julho por decisão de Alexandre Moraes, e a Polícia Federal apura indícios e provas que apontam para a existência de uma organização criminosa que teria agido com finalidade de atentar contra o Estado democrático de direito. Essa organização seria dividida em quatro núcleos: de produção, de publicação, de financiamento e político, além da suspeita de ter sido abastecido com verba pública.

Outros nomes citados pela PF incluem assessores de Jair Bolsonaro acusados de integrar o “gabinete do ódio”, que seria responsável em promover ataques virtuais nas redes sociais contra adversários do governo e desafetos ao presidente e sua família.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"