GAY BLOG BR by SCRUFF

Na década de 1990, a princesa Diana malhava na academia “Earl’s Court Gym”, uma filial da “Soho Gyms”, que tinha como público-alvo os homens gays. As informações são do empresário e cofundador da academia, Jeremy Norman.

“Isso não era muito conversado, mas ela gostava muito dos homens gays”Norman disse ao canal Pink News –  “Ela se sentia mais confortável com os homens gays, assim ela podia conversar com eles sem se sentir ameaçada de nenhuma forma”.

“Eles eram os amigos com quem ela podia contar. E quando a gente comprou a Earl´s Court Gym quando eu estava expandido o grupo Soho Gyms, ela era um membro.” – disse.

Norman também acrescenta que quando ela morreu, eles fecharam a academia por algumas horas ao longo de algumas semanas em respeito a ela.

Princesa Diana malhava em academia focada no público gay masculino, diz empresário
Montagem: CocktailsAndCocktalk

Ainda, na mesma entrevista, ao lado de seu marido Derek Frost, Norman diz que a princesa Diana foi uma figura importante no ativismo contra o HIV e AIDS, ajudando a diminuir o estima e a visão discriminatória que as pessoas tinham na década de 1980 e 1990, em que muitos acreditavam que o vírus passava por um aperto de mão ou um abraço.

“Ela sabia de absolutamente tudo. Ninguém sabe quais são seus motivos particulares, mas ela era indiscutivelmente uma dama com muita compaixão. Ela se posicionou de modo bem firme contra todo o estima contra a AIDS para dizer, ‘Atualmente, eu sei que tenho uma grande influência e vou abraçar essas pessoas e tocar suas mãos” – comenta.

Elton John e Princesa Diana - Reprodução
Elton John e Princesa Diana – Reprodução

Ele acrescenta: “Ela gostava mesmo dos gays… Acho que ela sentia o peso da tragédia que tantas pessoas jovens estavam morrendo, como muitos de nós [gays], e ela quis fazer algo sobre isso”.

Norman foi diagnosticado com HIV em 1991. Naquela época, não havia tratamento efetivo para o vírus, mas ele acabou sobrevivendo até o medicamento antirretroviral chegar ao mundo no ano de 1997, permitindo que as pessoas que convivam com o HIV vivam uma vida longa e saudável.

Lady Di com Freddie Mercury - Reprodução
Lady Di com Freddie Mercury – Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"