GAY BLOG BR by SCRUFF

O jornalista da RecordTV Matheus Ribeiro, que ficou nacionalmente conhecido por ter sido o primeiro apresentador homossexual a apresentar o Jornal Nacional (Rede Globo), encabeça a nova campanha do app WhatsApp.

A campanha tem objetivo de conscientizar os usuários sobre os recursos de segurança do aplicativo para não cair em golpes, como o roubo de contas. As dicas incluem não compartilhar o código de ativação do WhatsApp, ativar a confirmação em duas etapas do app, desconfiar de mensagens e ligações suspeitas e jamais baixar aplicativos de terceiros (não desenvolvidos pelo WhatsApp) a pedido de supostos atendentes.

“É uma campanha para alertar sobre os golpes de roubo de conta, com dicas simples para os usuários se protegerem” – disse Matheus Ribeiro ao Gay Blog Br. “Fiquei bem feliz com o trabalho, porque acaba sendo algo de utilidade pública, papel que já cumpro como jornalista”, completou.

“Nosso objetivo com essa campanha é mostrar ao usuário do WhatsApp que a empresa está próxima e que ele tem total controle sobre sua conta, reforçando os principais cuidados para protegê-la. Também colocamos o canal de suporte à disposição, em português, para a resolução dessa questão do roubo das contas”, explica Taciana Lopes, líder de Consumer Marketing no Facebook Brasil.

Assista ao vídeo:

@gayblogbr

#Whatsapp convoca jornalista #MatheusRibeiro para campanha de segurança do app 📲

♬ som original – GAY BLOG BR 🌈 by SCRUFF 🐾

Confira abaixo o que fazer caso tenha sua conta roubada:

  • Solicite a verificação da conta via SMS. Reinstale o WhatsApp, entre com seu número de telefone e confirme o código de seis dígitos que você receber via SMS. Dessa forma, qualquer indivíduo que usar sua conta será desconectado automaticamente.
  • Notifique amigos e família. Muitos golpistas usam sua lista de contatos para solicitar informações sigilosas e pedir depósitos em dinheiro. Se sua conta for violada, entre em contato com pessoas próximas para que ninguém possa se passar por você.
  • Entre em contato com a equipe de atendimento do WhatsApp. Mande um e-mail para support@whatsapp.com. O e-mail pode ser enviado em português e no assunto deve conter informações como “Conta clonada/roubada” mais o número em formato internacional (+55 XX…). Exemplo: Conta roubada / +55 11 1234-5678.
  • Amplie sua camada de segurança ativando a confirmação em duas etapas. A confirmação em duas etapas é um recurso opcional que, ao ativado, exige um PIN de seis dígitos de verificação se houver uma tentativa de entrada no seu número de WhatsApp. Esse código, assim como o SMS do WhatsApp, não deve ser compartilhado com ninguém. Saiba mais aqui.

Em caso de tentativa de roubo de conta, o WhatsApp também ressalta que a criptografia de ponta a ponta do aplicativo não é comprometida. Ou seja, o golpista não tem acesso a mensagens anteriores que estão armazenadas no seu telefone.

Para mais informações sobre contas roubadas, acesse aqui.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"