A clássica estátua do Rei Pelé, em Santos (SP), amanheceu, nesta quinta-feira (16/01), vestida com a camisa número 24. A estátua fica na Av. Alm. Cochrane, no bairro da Aparecida, em Santos (São Paulo).

GAY BLOG BR by SCRUFF

A intervenção alerta para o preconceito existente no futebol, tendo em vista os acontecimentos desta semana (jogador do Corinthians deixou de usar a camisa 24). A ação faz parte do movimento #FutebolSemHomofobia, iniciativa da LiGay em parceria com agência AlmapBBDO.

Para Luiz SanchesCCO & Chairman da AlmapBBDO, “é incrível ver uma iniciativa como a do #FutebolSemPreconceito, lançada pela LiGay na ocasião em que vestiu a estátua do Pelé em Santos, reverberar e inspirar outras ações semelhantes para outros times de futebol, a favor da diversidade em campo. Quando os esforços se somam, os resultados concretos logo aparecem. Futebol e sociedade só têm a ganhar com essas movimentações”.

Para o Presidente da LiGayJosué Machado, “ver outras ações acontecendo e os atletas usando a camisa 24 nos faz ter a certeza de que estamos no caminho certo. Que possamos ver cada vez mais equipes pelo Brasil adicionando essa numeração aos seus times”, finaliza Josué.

pelé

pelé 24
Foto: divulgação

Número 24

O 24 é popularmente associado ao mundo gay por conta do “jogo do bicho”, que é o número do veado. Também há um trocadilho com “vim de quatro”.

Leia também:

Ofensas nos estádios de futebol: homofobia, racismo ou injúria?

Quando, no último dia 09 de janeiro, o árbitro do jogo entre Audax e Sport, pela Copa São Paulo de futebol Júnior, interrompeu a partida e pediu o apoio da polícia militar em função de repetidas manifestações de torcedores do time paulista contra o goleiro Túlio Galindo, da equipe pernambucana.

O árbitro seguiu, de forma clara uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que passou a classificar, a partir de 2019, como crime atos de homofobia com base na lei de racismo. Ele também seguiu a cartilha estabelecida pela Confederação Brasileira de Futebol em agosto de 2019 e reforçou o basta contra este tipo de comportamento, que deverá, cada vez mais punir os clubes com a perda de pontos e multas. Mas e se não se tratar de um crime de homofobia? Leia mais.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.