GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: Español

Na última sexta-feira (15), Anitta levou um pedacinho do Brasil para o palco do Coachella, festival que acontece  na Califórnia, nos Estados Unidos. A cantora, que estava vestida com um look nas cores da bandeira do Brasil, mandou um recado para Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Anitta no Coachella (Foto: Reprodução)

Ninguém pode se apropriar do significado das cores da bandeira do nosso país“, alfinetou Anitta no Twitter após o show no Coachella. A frase da artista faz menção à apropriação das cores que simbolizam a bandeira do Brasil por Bolsonaro e seus apoiadores. 

A bandeira do Brasil e as cores da bandeira do Brasil pertencem aos brasileiros. Representam o Brasil em geral. Ninguém pode se apropriar do significado das cores da bandeira do nosso país. Fim“, escreveu a cantora em outro tweet. Além dos recados de Anitta na rede social, os bailarinos da artista puxaram o coro “Fora Bolsonaro!” durante a apresentação.

No show do Coachella, Anitta cantou seus hits e elementos da cultura brasileira para a apresentação. A artista entrou no palco de moto em um cenário que lembrava a comunidade onde cresceu. As projeções também ilustravam as festas com paredões de som e os morros de favelas.

Além de muito funk, Anitta cantou um trecho da bossa nova “Garota de Ipanema”, junto com a música “Girl from Rio”. Houve ainda participação do rapper Snoop Dogg e da rapper norte-americana Saweetie.




This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)