GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

O ator Brandon Flynn (28), famoso por ter interpretado o personagem Justin Foley na série “13 Reasons Why”, postou um extenso texto no Instagram sobre estar sóbrio há um ano. Em 2017, o ator já havia revelado que teve problema com drogas durante o ensino médio.

Reprodução/Instagram

“Um ano de sobriedade hoje. Eu não sabia se eu deveria compartilhar isso nas mídias sociais, já que é algo muito pessoal e algumas vezes negativo e um grande questionamento sobre o que é privacidade e o que tem valor para aqueles que me seguem, quem acredita em mim. Junto com a escolha de uma vida sóbria, vem o medo de ter uma recaída; medo de decepcionar as pessoas, medo de minha autoestima ficar baixa, medo de me perder, mas o que brilha é o senso de orgulho e gratidão que eu até então não conhecia. Este ano foi muito difícil para muitos de nós de muitas maneiras óbvias, e nós não podíamos imaginar como gerenciar a vida para seguir em frente quando tudo parece tão difícil, e realmente atingiu a gente, a vida continua acontecendo e nós temos que ligar com isso ao longo do dia; como o trabalho, as pessoas, os sentimentos e nos voltar para todos os nossos medos, e a lista continua… E para todos nós estão lutando dia após dia, por qualquer razão, superando coisas pequenas ou grandes, tenho orgulho de vocês. Para todos que escolheram se recuperar em meio a uma pandemia global, em um tempo que parece sem esperança, quando o isolamento é uma necessidade, onde nada parece o que é – eu apenas quero que você saiba que você não está sozinho. Controlar [as situações] é irrelevante. Você está fazendo tudo o que pode e alguns dias são suficientes. O mundo tem um modo engraçado de te dizer exatamente o que você precisa. Estou orgulho e sou grato por tantas coisas, hoje, ontem, e amanhã – uma delas é ter o apoio de vocês constantemente.”

BULLYING E ABUSO DE SUBSTÂNCIAS

Para Brandon Flynn, alguns dos tópicos e questões com os quais os personagens de “13 Reasons Why” se assemelharam bastante com a vida do ator. Em entrevista para o The Hollywood Reporter, Flynn contou sobre problemas com bullying e abuso de substâncias que ele enfrentou no colégio,

“Quando eu estava no ensino médio, lidei muito com as pessoas que não eram legais comigo como ator. Elas [crianças] achavam que era feminino. Elas pensaram que eu deveria estar no esporte. Foi difícil. Isso me colocou em um espaço escuro de não querer ser eu mesmo e tentar ser o que os outros queriam que eu fosse”, revelou. “Eu me automediquei muito; usei muitas drogas e escolhi silenciar minha verdade e alterar minha percepção para tornar mais fácil ficar confortável”, desabafou.

Brandon também levantou a importância da presença dos pais nessas situações: “Muitas crianças não sabem como recorrer aos pais porque eles não oferecem abertura. Eles não sabem como recorrer à escola porque a escola não oferece essa opção, então ficam presas e sentem como se tudo e todos estivessem contra eles. Eu com certeza me lembro de me sentir assim naquela idade”.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"