GAY BLOG BR by SCRUFF

O Celso Portiolli apresentou o programa Domingo Legal neste dia 1º de maio vestindo um roupão e uma cueca, cumprindo uma promessa que fez durante o Passa ou Repassa. Com a brincadeira, os números prévios de São Paulo apontam que o programa venceu a Globo no Ibope, sendo 8 para a emissora paulista e 7 para a carioca.

O Passa ou Repassa teve um aumento da audiência devido à exibição da final da Superliga de Vôlei masculino entre Minas Clube e Cruzeiro. Já o quadro recebeu a dupla Simone e Simaria, os jornalistas Benjamin Back e Carla Vilhena, além do apresentador Otaviano Costa. Já a promessa foi quando Celso Portiolli disse que se as cantoras sertanejas ganhassem, ele ficaria só de roupão e cueca no programa.

Após a vitória, Simone chegou a tirar o roupão de Portiolli para ele apareceu. O apresentador ficou cerca de 30 minutos de cueca. Vale dizer que o episódio já era esperado, considerando que uma das novas patrocinadoras do Domingo Legal é uma empresa de roupas íntimas.

De Maringá para o SBT

Celso Yunes Portiolli (Maringá, 1 de junho de 1967) é um apresentador de televisão, radialista, empresário, Youtuber, ex-humorista, ex-político e ex-redator de televisão brasileiro. Contratado do SBT, é o apresentador do programa Domingo Legal e do Show do Milhão. Portiolli também é proprietário da rádio Ótima FM, que conta com três emissoras no interior do estado de São Paulo.

Celso Portiolli é filho caçula de doze irmãos e começou sua carreira no rádio em 1984, passando por emissoras do Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Em Ponta Porã, tornou-se líder de audiência e diretor de uma rádio local. Sua popularidade era tamanha na cidade que em 1992, com apenas 24 anos, foi eleito vereador com uma das maiores votações do município.

Celso perdeu o pai ainda jovem, aos 21 anos de idade. Uma curiosidade é que ele abriu mão da herança do pai. Em entrevista à RedeTV!, declarou: “Quem sempre me incentivou, foi minha mãe. Desde a época do rádio. Meu pai não acreditava muito no meu sonho de ser radialista, achava que não iria dar futuro. E, ele não viveu pra me ver na televisão”, declarou. A mãe se chama Dibe Yunes.

Apesar do sucesso, o sonho de Portiolli sempre foi aparecer na telinha. Por isso, em 1993, enviou uma fita para Silvio Santos, com sugestões de câmeras escondidas para o Topa Tudo por Dinheiro. Das 11 ideias que mandou, 7 foram aprovadas, o que despertou o interesse do SBT, que logo o convidou para trabalhar como redator do programa.

Celso Portiolli fica de cueca durante 30 minutos no Domingo Legal para cumprir promessa
Reprodução



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"