GAY BLOG BR by SCRUFF

A jornalista, escritora, influenciadora, lésbica e militante contra a gordofobia, Alexandra Gurgel (32), fundadora do movimento #corpolivre, participará de uma live no Senac São Paulo chamada “Pluralidade na Moda: Como valorizar a beleza e a diversidade”, para discutir pautas que abordam a autoaceitação e quebra de padrões de beleza, abordando temas como gordofobia. A transmissão será realizada em seu Instagram oficial: Alexandrismos.

“Estamos passando por um momento em que discutimos muito sobre esse padrão e como ele aprisiona as pessoas, especialmente mulheres. Essa discussão, claro, reverbera no mundo da moda e da beleza. Buscamos valorizar mais a singularidade de cada corpo, de cada pessoa. Vemos modelos gordas em campanhas de grandes marcas, em desfiles. Vemos celebridades gordas serem vestidas por grandes marcas para eventos de tapete vermelho. Isso há alguns anos era impensável. Vejo esses avanços com alegria e com esperança: esperança de que vamos chegar no momento que cada corpo será de fato livre e a moda abraça essas singularidades. Afinal, a moda é uma forma de expressão. Então, nada mais justo do que todas as pessoas poderem usar essa ferramenta de uma maneira positiva”, avalia Xanda, como é mais conhecida nas redes.

Outro convidado será o estilista João Pimenta, que é também consultor criativo do Bacharelado em Design de Moda do Senac, considerado um dos grandes nomes da moda brasileira e que iniciou a carreira em 2003 no evento Casa de Criadores, além de desfilar suas criações na São Paulo Fashion Week (SPFW).

“Não precisamos criar uma moda especial para um determinado grupo, sejam mulheres, homens, gordos ou magros. Precisamos repensar a padronização de tamanhos de modelagem. Quem escolhe o que vestir são as pessoas e cada corpo é único, às vezes precisa de adaptação. Por estes motivos, a moda está em dívida com a sociedade e precisa ser humanizada urgentemente”, define Pimenta.

A mediação será feita pela coordenadora das áreas de Moda e Beleza do Senac São Paulo, Tatiana Putti. “A atuação do Senac sempre foi pautada em valores como a diversidade e à sustentabilidade, de maneira geral. A moda não está à parte disso. Além de ser uma forma de expressão artística e política, é uma ferramenta poderosa de inclusão social e de empreendedorismo. Entender e estimular esses valores dentro do ambiente de estudos pode ser a chave para realizar mudanças concretas e alcançarmos uma moda mais integrativa”, finaliza Tatiana, que é especializada em comportamento e processos criativos, possui MBA em Varejo de Moda, formação na London College, Central Saint Martin e Esmod Paris.

SERVIÇO:

  • Live: Pluralidade na moda: como valorizar a beleza e a diversidade
  • Data: 16 de setembro
  • Horário: 10 horas
  • Onde? Perfil de Instagram Alexandrismos
Em evento do Senac, Alexandra Gurgel debaterá sobre pluralidade e inclusão na moda
Reprodução

BIOGRAFIA DE ALEXANDRA GURGEL

Formada em Jornalismo pela PUC-Rio, Alexandra Gurgel trabalhou durante dez anos como editora em sites femininos quando decidiu começar o seu próprio empreendimento. Todo seu processo de autoaceitação e desconstrução está documentado no YouTube através do canal Alexandrismos, que inicialmente apostava em um estilo mais cômico, mas com o tempo ela foi percebendo a necessidade de abordar o assunto de modo sério, considerando que a gordofobia acarreta diversos transtornos mentais para as pessoas gordas.

Desde que se entende por gente, ela é uma pessoa gorda e, aos nove anos, começou a fazer uso de remédios para emagrecer e fazer visitas aos endocrinologistas, além de sofrer bullying na escola e insultos até dentro de casa ao ser comparada com outros membros de sua família.

Depois de muitos anos tentando se “encaixar” dentro de um padrão de beleza, a influenciadora chegou a fazer uma lipoescultura para modelar todo o corpo e mesmo alcançando um tipo “padrão”, ela percebeu que não estava feliz e que a mudança deveria vir de dentro para fora. A felicidade não estava em um “corpo perfeito”, mas sim no olhar que ela dava ao corpo dela.

Hoje, Alexandra ajuda muitas pessoas a se aceitarem e luta para a desconstrução de estereótipos gordofóbicos. Curiosamente, nessa jornada de autoconhecimento ela se descobriu como uma mulher lésbica.

Join our community of 15+ million guys

Find guys looking for the same thing with SCRUFF Match. Volunteer to be a SCRUFF Venture Ambassador to help out guys visiting your home city. Search an up-to-date agenda of the top parties, prides, festivals and events. Upgrade your game with SCRUFF Pro and unlock 30+ advanced features. Download SCRUFF here.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"