GAY BLOG BR by SCRUFF

Um estudo publicado pelo jornal JAMA Open Network concluiu que os bloqueadores de puberdade e a terapia hormonal para adolescentes trans estão associadas a um número 60% menor de depressão severa e 73% menos casos de suicídios em um curto período de tempo.

Muitos estudos já tinham confirmados que o acesso ao serviço de saúde e a transição de gênero em uma idade precoce tinham efeitos positivos na saúde mental de longo prazo para pessoas trans. No entanto, o estudo atual comprova que o efeito também é benéfico em um prazo de apenas 12 meses.

“Nosso estudo concluiu algo que já tinha sido sugerido em outras pesquisas científicas”, diz a autora que lidera o estudo, Diana Tordoff, ao UPI News. “O acesso a afirmação de gênero pode salvar a vida de muitas pessoas trans jovens”, concluiu.

A pesquisa foi realizada pela Universidade de Washington e acompanhou 104 adolescentes trans com idades entre 13 e 20 anos. Destes, dois terços eram de meninos trans, um quarto era de meninas trans, e 10% eram de pessoas não-binárias ou de gênero fluido.

Estudo conclui que tratamento hormonal em adolescentes trans diminui sintomas de depressão e ansiedade
Reprodução

No início do estudo, cerca de 60% dos participantes relataram sofrer de depressão, enquanto a metade deles sofriam com ansiedade e 40% disseram que já pensaram em desistir da vida.

Em seguida, dois terços dos participantes receberam a terapia hormonal, bloqueadores de puberdade ou ambos, enquanto o restante não recebeu nenhum tratamento. Foi aí que chegaram a conclusão de que os adolescentes que receberam o tratamento diminuíram drasticamente os sintomas de depressão ou pensamentos suicidas ao longo de três a seis meses do estudo, enquanto os que não receberam dobraram os sintomas psicológicos negativos.

“Os resultados deste novo estudo estão alinhados com os estudos do passado que já tinham feito essa analogia entre o tratamento medicamentoso para afirmação de gênero e a melhora na saúde mental para a juventude trans”, disse o psiquiatra Dr Jack Turban.

“Esse estudo reafirma que banir os cuidados de afirmação de gênero para a juventude é perigoso e pode ocorrer diversos problemas de saúde mental”, Turban acrescentou.

Com informações de Pink News




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"