GAY BLOG BR by SCRUFF

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nomeou o homem abertamente gay, Chris Magnus (60), para comissário de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA.  Anteriormente, ele foi chefe de polícia em Richmond, Califórnia e Tuscon.

“Durante seu tempo em Richmond, Magnus foi uma peça chave em reconstruir a confiança da comunidade na lei e reduzir dramaticamente os homicídios por arma de fogo” – disse a Casa Branca em comunicado (via Queerty) – “Em Tucson, Magnus implementou um sistema de treinamento de desaceleração, processo de revisão de eventos, e programas para promover a saúde e bem estar dos oficiais.”

Magnus também foi muito aclamado por seu desempenho como chefe de polícia em Richmond. Ele aumentou as relações entre a comunidade com a polícia, e a taxa de homicídio caiu de 38 em 2016 para apenas 11 em 2014, fazendo com que o departamento de justiça do Obama o elegesse como investigador da polícia em Ferguson, Missouri.

Joe Biden nomeia gay para departamento de segurança de fronteiras
Reprodução

Joe Biden nomeia mulher trans para cargo de confiança em seu governo

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, nomeou Rachel Levine para ser a secretária assistente no Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS), sendo a primeira a ser avaliada pelo Senado americano para um cargo na administração pública federal. As informações são do G1. 

Em comunicado, Biden explica sua escolha: “A doutora Rachel Levine trará a liderança estável e a experiência essencial de que precisamos para ajudar as pessoas a superar esta pandemia, não importa qual é seu código postal, raça, religião, orientação sexual, identidade de gênero ou deficiência, e atenderá as necessidades de saúde pública de nosso país neste período crítico momento” – disse

“Ela é uma escolha histórica e profundamente qualificada para ajuda a liderar os esforços de saúde de nossa administração” – afirmou Biden.

Rachel Levine para ser a secretária assistente de Saúde
Reprodução

Ela é uma das poucas pessoas trans que serve em cargos eleitos ou nomeados no país. Ela foi aprovada pelo Senado da Pensilvânia, de maioria republicana. Além disso, ela é formada pela Harvard e pela Tulane Medical School, e também presidente da Associação de Agentes Estaduais de Saúde.

Levine também tem estudos publicados sobre crise de opiáceos, maconha medicinal, medicina para adolescentes, transtornos alimentares e medicina LGBTQ.

Ela trabalhará na Secretaria de Saúde ao lado de Xavier Becerra, um político de origem latina que já foi procurador-geral da Califórnia. Já o empresário Jeff Zients será o coordenador de resposta ao coronavírus de Biden.

Além dela, recentemente foi confirmado que Jeff Marootian, um homem abertamente gay, será assistente especial do presidente sobre clima e ciência. Antes dele, Pete Buttieg, também homossexual, foi convidado por Biden para ser o Secretário de Transportes, sendo ele o primeiro membro da comunidade LGBTQIA+ a ser ministro dos Estados Unidos.

A cerimônia de posse de Joe Biden será no próximo dia 20 de janeiro e terá a participação de Lady Gaga cantando o hino dos Estados Unidos.

Levine atuará no Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) - Reprodução
Levine atuará no Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) – Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".