GAY BLOG BR by SCRUFF

Este artigo também está disponível em: English Español

O casamento dos transgêneros húngaros Tamara Csillag e Elvira Angyal parecia com qualquer outro, mas no mundo do primeiro-ministro nacionalista Viktor Orban, isso foi especial, informa a agência Reuters.

Orban, cada vez mais hostil às pessoas LGBT+, proibiu o reconhecimento legal da identidade transgênero na Hungria. Ironicamente, isso tornou o casamento possível, já que Csillag estava preso com documentos masculinos, enquanto Angyal já havia completado sua transição e tinha os documentos para provar isso.

“Nosso sonho se tornou realidade. Estamos muito felizes por ter recebido um selo oficial sobre nosso relacionamento”, disse Angyal após a cerimônia, de mãos dadas com sua nova esposa, relatou a Reuters.

Ela beijou-a e disse: “Eu te amo.”

“Eu te amo de volta”, disse Csillag.

Mulheres trans se casam na Hungria / Reuters

A deles estava longe de ser uma jornada tranquila. Ambos tinham famílias como homens antes de sair para viver como mulheres. De sete crianças entre eles, apenas uma, o filho de Angyal, Patrik, estava presente.

“Uma das maiores alegrias da vida é ver seus pais felizes”, disse Patrik.

Grupos de direitos dizem que Orban e seus aliados políticos, o pequeno partido democrata cristão KDNP, têm como alvo a comunidade gay desde que ele ganhou um terceiro mandato em 2018.

“Durante uma década, o governo tem travado uma campanha sistemática contra o povo LGBTQ”, disse Luca Dudits, do grupo de direitos Hatter. “Isso contradiz as normas europeias e os direitos humanos em geral.”

O casamento ocorreu um dia depois que o vice-primeiro-ministro Zsolt Semjen renovou ataques homofóbicos com uma proposta de consagrar na Constituição do país a proibição da “propaganda de gênero”.

“Eles não devem ser chamados de família, porque essa é uma noção sagrada”, disse Semjen. “Eles não devem adotar crianças, porque o direito das crianças ao desenvolvimento saudável é mais forte do que a necessidade de um filho por casais homossexuais.”




Este artigo também está disponível em: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.