GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última semana, o cantor Anderson Leonardo, vocalista do grupo de pagode Molejo, foi acusado de estupro por MC Maylon. O jovem, de 21 anos, afirma que em 11 de dezembro teria sido persuadido a encontrar com o cantor em um motel para discutir uma possibilidade profissional, mas que na ocasião teria sido penetrado sem preservativo ou lubrificante, acabando, assim com o seu sonho de se casar virgem.

Vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo prestou depoimento nesta sexta (5) no Rio de Janeiro - Reprodução/Notícias da TV
Anderson Leonardo prestou depoimento nesta sexta (5) no Rio de Janeiro – Reprodução/Notícias da TV

Em depoimento dado nesta sexta-feira, 05, na 33ª Delegacia de Polícia de Realengo, no Rio de Janeiro, Anderson afirmou que, de fato, havia transado com o rapaz, mas de maneira consensual.

Posteriormente, em live com o jornalista Betoh Cascardo, o vocalista do Molejo contou que chegou a tentar realizar o sonho do jovem Maycon Douglas Pinto de Nascimento Adão em ser cantor. “Marquei com ele uma reunião no estúdio. Com ele, a mãe dele e o padrasto. Nós falamos sobre música. Eu falei: ‘Irmão, independente de qualquer coisa. Você tem alguma música para eu ouvir?’. Ele mostrou uma música até bem produzida. Falei: ‘Você canta bem. Mas eu queria ver você cantar ao vivo'”, relatou.

Segundo o vocalista, a partir daí o jovem passou a frequentar os shows do Molejo. “Depois de ele ter ido ao quarto show, eu coloquei o cara para cantar num pagode. Minha cara ficou de todas as cores de vergonha quando ele começou a cantar. Ele cantava pessimamente mal”. Ainda sim, Anderson disse que manteve contato com MC Maylon e que estava em um momento sensível, pois havia acabado de terminar um relacionamento com uma mulher.

“Eu tinha terminado um relacionamento e o menino faz uma tatuagem para você? O cara está ali te encantando. Quando começa a te encantar, você não vê cara, bolso, nada. Você só vê uma pessoa. O que acontece? Aconteceu. Entendeu?”, explicou. “Foi uma vez. Mas nessa vez que aconteceu, eu falei: ‘Vou tirar essa dúvida logo. Se for bom…’. Vou casar com ele, faz de mim o que quiser. Quer falar que sou gay? [Pode falar] Sou bay, bi, tri, hepta… Não estou nem aí. Como diz a música: ‘eu quero amor, não quero cilada'”, disse.

MC Maylon e Anderson – Reprodução/Instagram
Tatuagem feita por Mc Maylon - Reprodução
Tatuagem feita por Mc Maylon – Reprodução

Anderson também rebateu a versão do boletim de ocorrência de Maylon, que narrou ter desmaiado e ter saído do motel com a cueca cheia de sangue e espermatozoide: “Sexo anal não é para qualquer um. O que eu fiz? [Usei] Gelzinho. Fui com jeitinho, preparando e vendo se está tudo certo para depois chegar na penetração. Sou um cara de 48 anos. Não vou saber fazer sexo anal? Desculpa a expressão, sei chegar no botequim e botar uma cerveja”, declarou. “Estupro é uma coisa muito séria. E ele não desmaiou. Primeiro, ele ejaculou. Falei: ‘posso ir?’. Quando fui, ficamos um do lado do outro e conversamos. Não teve sangramento, não teve nada. Que gota de sangue?”, continuou. “Comi? Comi. Mas comi consensualmente. Não estuprei”, finalizou.

Parar assistir à live na íntegra:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.