Prefeitura de SP realiza encontro com o tema ‘Travestis e Transexuais na Terceira Idade’

Haverá também a exibição do documentário "Por que Transexuais não Chegam à Terceira Idade?"

O Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis, que fica na região norte da capital paulista, realiza na próxima quinta-feira (15/03) uma roda de conversa sobre o tema “Travestis e Transexuais na Terceira Idade”.

No encontro também haverá também a exibição do documentário “Por que Transexuais não Chegam à Terceira Idade?“, retratando as dificuldades de travestis e mulheres transexuais para chegarem à terceira idade com disposição, saúde e uma vida economicamente estável.

trans terceira idade

SERVIÇO
Roda de Conversa – Travestis e Transexuais na Terceira Idade
Local : Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis
Rua Plínio Pasqui, 186, Parada Inglesa – São Paulo, SP
Telefone: (11) 2924-5225 | 2894-2957

Sobre os Centros de Cidadania

Os Centros de Cidadania LGBT – fazem parte das ações do Programa de Metas da Gestão 2013/2016 da Prefeitura de São Paulo, previsto na Meta 61: desenvolver ações permanentes de combate à homofobia e respeito à diversidade sexual.Os Centros são iniciativas da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, por meio da Coordenação de Políticas para LGBT, realizada em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Inaugurados em 2015 (Arouche) e 2016 (Zona Sul, Zona Leste e Zona Norte), os centros atuam a partir de dois eixos:

Defesa dos Direitos Humanos: atendimento a vítimas de violência, preconceito e discriminação. Prestação de apoio jurídico, psicológico e de serviço social, com acompanhamento para realização de boletins de ocorrência e demais orientações.

Promoção da Cidadania LGBT: suporte e apoio aos serviços públicos municipais da região central, por meio de mediação de conflitos, palestras e sensibilização de servidores. Realização de debates, palestras e seminários.

Além das sedes fixas, na República, Santo Amaro, São Miguel Paulista e Parada Inglesa, quatro Unidades Móveis de Cidadania LGBT percorrem São Paulo levando estes e outros serviços para as regiões, tornando as políticas públicas da Prefeitura de São Paulo ainda mais acessíveis para o público LGBT.