Xuxa lançará em breve a sua biografia “Memórias” pela editora Globo Livros, contando sua biografia. Sendo grande fã da Rita Lee, a Rainha dos Baixinhos resolveu que a cantora seria a primeira a ler sua obra, e Lee aproveitou para escrever as palavras que estarão na capa do livro.

- CURTA A PÁGINA DO FACEBOOK -

“Ler as memórias de Xuxa é como assistir a um filme sobre uma atriz hollywoodiana que começou ralando na vida e quis o destino que se tornasse uma deusa superstar. Conhecendo os pormenores de suas aventuras, que, aliás, escreve com coragem e honestidade, entendo melhor essa mulher estonteantemente bela e os momentos nem sempre fáceis pelos quais passou. Certeza de que foi aquele seu eterno sorriso iluminado — e por vezes ingênuo — que venceu as chatices dos humanos e a tornou a figura mais apaixonante do Patropi.

Divulgação

Me emociona o amor incondicional que ela sente pela causa dos animais e, é claro, pelos baixinhos, que viam nela uma fada colorida que os transportava a um mundo mágico onde só ela era capaz de lhes proporcionar aventuras inesquecíveis. Meus filhos não desgrudavam da TV quando lá ela estava, toda fantasiada naquele palco empetecado de surpresas… Sim, meus meninos tinham uma paixonite por ela e pelas Paquitas. E, cá pra nós, precisa ter um rosto bonito demais para raspar a cabeça aos cinquenta e poucos anos e continuar com aquela mesma carinha sorridente de criança iluminada.

Sinta-se abençoada por zilhões de fãs do mundo inteiro por ser quem você é: the one and only Xuxa”

Rita Lee elogia biografia da Xuxa
Reprodução

Xuxa se emocionou com os dizeres de Rita Lee, e respondeu:

“Sempre tive mais do que admiração por Rita. Ela sempre esteve à frente do tempo, de tudo e de todos e… linda! Sou fã e pronto. Por isso, ler o que a Rita escreveu sobre minhas memórias foi um abraço no coração e na alma. É ter a certeza de que nessa escolha eu não errei: ela era, é e sempre será meu ídolo…. E agora da Sasha também. E certeza de que será dos meus netos e por aí vai…”

Teria Xuxa Meneghel inventado o pop? Há evidências de que sim

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".