GAY BLOG BR by SCRUFF

Este artigo também está disponível em: English Español

Os membros do Porta dos Fundos concederam uma coletiva de imprensa para falarem um pouco sobre o mais novo especial de natal: “Teocracia em Vertigem”.

Aproveitando a oportunidade, Antonio Tabet, Fábio Porchat, Gregório Duviviver e João Vicente de Castro falaram também sobre o especial do ano passado, “A Primeira Tentação de Cristo“, que causou muita polêmica por colocar Jesus na figura de um homem gay.

“Tenho certeza que estamos vivos porque Jesus era só gay… Se fosse gay e preto, seriam seis bombas. Se fosse mulher, então…” – disse Fábio Porchat.

João comentou também sobre a polêmica, dizendo que o grupo não ficou muito abalado pelo ocorrido: “Nos sentimos mais tristes do que sentimos medo”.

"Só estamos vivos porque não fizemos Jesus gay e preto..." diz Porta dos Fundos um ano após filme polêmico
Reprodução

Quanto ao especial deste ano, o “Teocracia em Vertigem” tem este nome como uma paródia ao documentário “Democracia em Vertigem”. A ideia dessa vez é fazer críticas políticas e fazer ataques aos extremistas.

A primeira versão do roteiro era bem “mergulhadas em religião”, algo que iria atrair os cristãos, mas Porchat teve que reescrever para uma versão menos religiosa.

“Os cristãos iam amar, tinha muita referência” – disse Porchat, explicando também que no texto original havia citações a Barrabás, que seria um dos personagens principais do filme, porém, desconhecido por muitas pessoas não religiosas.

Gregório Duvivier disse também que o objetivo do Porta dos Fundos não é ofender as pessoas que possuem uma crença religiosa.

“Nossa ideia nunca foi destruir os valores cristãos, ao contrário disso, o especial é cristão. É sempre um resgate do Cristo vivo, tornamos ele vivo quando fazemos o especial.” – disse.

Quanto ao fato de Teocracia em Vertigem ter uma abordagem mais política, Porchat explica: “Só se fala em política. Todo assunto termina em Bolsonaro – criança fala de política, o vírus é política, futebol é política. Então, por que não colocar no especial?”

Teocracia em Vertigem foi lançado no YouTube, e não no Netflix como é tradição com os especiais de fim de ano do Porta dos Fundos.

Com informações de Rolling Stone.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"