Segundo informações apuradas pelo Variety, a terceira temporada da série Star Trek: Discovery terá uma personagem um não-binárie e um homem trans, algo inédito para a longeva franquia com mais de cinquenta anos. Para a construção de ambos, os produtores fizeram uma parceria com a GLAAD, organização dos EUA que tem foco em monitorar como a mídia retrata os LGBTs.

O personagem trans será interpretado por Ian Alexander e se chama Gray, que planeja ser hospedeiro de um alienígena. Já o não-binárie se chama Adira e é interpretado por Blu del Barrio.

Star Trek: Discovery terá personagem não-binário e um homem trans
Montagem: Variety

“Star Trek sempre teve a missão de dar visibilidade para comunidades pouco representadas porque acredita que mostrar m futuro sem divisões baseadas em raça, gênero, identidade ou orientação sexual é algo que está ao alcance das pessoas” – diz Michelle Paradise, a produtora da série.

Star Trek: Discovery está disponível no Brasil através do Netflix. Os episódios se passam dez anos antes da série original dos aos de 1960, contando a história dos tripulantes da USS Discovery. O primeiro capítulo, quando exibido pela norte-americana CBS, alcançou 9.5 milhões de espectadores, considerada uma audiência “decente” para o padrão de sucesso de Star Trek.

O consenso entre as opiniões sobre a primeira temporada de Star Trek: Discovery é de que, mesmo que ela “demore alguns episódios para engatar”, acaba entregando uma experiência divertida para uma nova geração de fãs. Já a segunda temporada foi elogiada por conseguir cobrir alguns “buracos” do enredo da franquia, enquanto consegue levar novas histórias com a essência do Jornada nas Estrelas.

A terceira temporada estreará na TV americana em outubro deste ano e deve prosseguir com 13 capítulos até janeiro de 2021. Além disso, a série recebeu diversos prêmios desde sua estreia, incluindo Melhor Ator para Jason Isaacs pelo Empire Awards; melhor atriz para Sonequa Martin-Green pelo Saturn Awards e também a melhor nova série de televisão, também pelo Saturn Awards.

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".