GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: Español

A viúva de Marielle Franco, a arquiteta Mônica Benício (34), conseguiu se eleger vereadora pelo PSOL do Rio de Janeiro com 22 mil votos. Em uma conversa com o G1 por telefone, Mônica Benício diz que sempre contará com a presença simbólica da ex-namorada.

“A minha história jamais poderá estar desentrelaçada da memória da Marielle. E não só pelo fazer político que a gente sempre fez, no qual eu sempre acreditei e construí com ela.” – disse Mônica Benício“O que eu tenho com a Marielle, além do amor, é a afinidade política. O meu compromisso é, além de representar todos os projetos que Marielle colocou, é ter uma cidade comprometida com a vida das mulheres, com a luta LGBT e com a pauta antirracista”.

Mônica Benício afirma que ela defenderá as pautas relacionadas aos LGBTQIA+, as pessoas negras, a vida das mulheres, mas que seu principal compromisso são com os moradores de favelas.

“Essa é a minha principal causa. A minha pauta de vida, de trabalho, sempre foi o direito à cidade, na perspectiva do favelado/favelada. Colocar a favela e o favelado no centro do debate da política pública. É desse lugar que eu falo e desse lugar que eu tocarei o meu mandato. Favela é cidade”, argumentou.

Viúva de Marielle, Mônica Benício, se elege com 22 mil votos: "Ela não será interrompida"
Reprodução G1

Quando soube que se elegeu com 22,9 mil votos, Mônica Benício disse que não conseguiu nem dormir. Além disso, um dia antes da eleição, ela aproveitou para ir ao cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Norte do Rio, onde o corpo de Marielle Franco está enterrado.

“Eu tento manter na minha rotina toda quarta-feira ir ao cemitério, mas porque isso é o meu ritual. Eu vou para ver se está tudo ok, e tudo bem. Não é uma grande questão na minha cabeça. Todos os dias, a primeira coisa que eu faço, e a última, é conversar com ela. Como sempre foi.”

Ao ser questionada se seu trabalho vai dar continuidade ao de Marielle, ela diz: “Após o meu resultado, a democracia venceu a barbárie. A democracia venceu a violência. Hoje, nós ganhamos. Hoje, Marielle não será interrompida.”

This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".