GAY BLOG BR by SCRUFF

Em relatório divulgado na última quarta-feira (13/01), a Human Rights Watch afirmou que os países que não seguirem as medidas internacionais de direitos humanos terão dificuldades de relacionamento com a nova administração da Casa Branca. A nova administração se inicia no próximo dia 20 e deverá levar a sério questões como a segurança pessoal, a liberdade de expressão e outros temas tidos como secundários durante a gestão de Donald Trump, e deve tomá-los como fatores decisivos para negociações.

Segundo o relatório, o Brasil é um dos países que enfrentará problemas, uma vez que Jair Bolsonaro tem se manifestado contra diversos pontos-chaves da questão dos direitos humanos, como o desmatamento da Amazônia, os incêndios em terras indígenas e na contenção da pandemia da Covid-19.

A medida não é exatamente uma novidade, uma vez que a União Europeia já tem resistido a fechar acordos com o Mercosul e feito críticas à postura do presidente brasileiro.

O documento aponta uma provável guinada, após quatro anos de Trump, para temas valorizados durante a campanha, como medidas afirmativas em combate ao racismo, LGBTfobia e o sexismo, além de rompimento com países que atravessam regimes autoritários, como Egito e Arábia Saudita. A liberdade religiosa também deve ser pauta prioritária na intenção do novo líder executivo de levantar bandeiras da igualdade ao redor de todo o planeta.

“Haverá grande pressão política e econômica sobre o Brasil por parte de Washington. Bolsonaro será um obstáculo para que novas parcerias sejam fechadas, como em acordos comerciais. A falta destes acordos poderá dificultar a retomada da economia do Brasil”, explica o diretor executivo global da HRW, Ken Roth.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Catarinense, 25 anos e professor de Literatura e Língua Inglesa. Homem gay, apaixonado por música e que respira futebol e cultura latino-americana.