GAY BLOG BR by SCRUFF

No último domingo (30), a equipe que administra as redes sociais de Linn da Quebrada, enquanto a artista está confinada no BBB22, publicou um comunicado no Instagram e informou que denunciou um site com conteúdos racistas e transfóbicos. Travesti, a participante do reality vem sofrendo uma série de violências em comentários nas redes sociais. De acordo com o post, as medidas judiciais já estão sendo tomadas.

Linn da Quebrada no BBB22 (Foto: Reprodução/ Globo)

“Linn é filha, irmã, amiga. Ela é atriz, cantora, compositora. Ela é todas essas e tudo mais o que deseja ser. Ela quebra, ela encaixa, ela se faz e refaz. A sua jornada no BBB22 é sobre ser quem ela realmente é. Do lado de cá, nós estamos muito orgulhosos de sua participação, e felizes com todo o amor, o apoio, o carinho e a torcida que estamos recebendo. Infelizmente é preciso interromper a nossa programação de postagens habituais para compartilhar com vocês, público da Linn, um posicionamento que tomamos sobre a existência de um blog com conteúdos criminosos contra ela e outros participantes desta edição”, começa o aviso publicado no Instagram.

A equipe disse que foi informada sobre a existência do conteúdo do site na semana passada e, desde então, passou a apurar o caso. “Essa é uma ação pensada em conjunto para o conjunto, porque acreditamos que nossas ações podem criar um futuro melhor, com mais respeito para todes. E com leis que garantam nossos direitos e nos protejam”, diz parte do comunicado.

Linn é a segunda participante trans anunciada em 22 edições do reality (Foto: Reprodução/ Globo)

Segundo a equipe, foi registrada uma ocorrência por crimes de racismo, transfobia e injúria na DECRADI de São Paulo. “A advogada da Linn, Juliana Souza, acionou parlamentares da Câmara e do Senado Federal para relatar os fatos e ressaltar a importância da mobilização pela aprovação de proposituras específicas para os crimes de homotransfobia, bem como projetos que promovam os direitos fundamentais de pessoas transexuais e travestis no Brasil”, continua o texto.

Ainda de acordo com o comunicado, a advogada está trabalhando em parceria com o advogado do ator Douglas Silva, que também foi atacado no blog, a fim de criar uma rede jurídica que possa acelerar o caso. “Nosso jurídico está atento a cada postagem, cada comentário que fale da Linn. Somos uma rede, somos conexão. Nós e todes vocês. E é por acreditar nessa potência, que é ‘dar as mãos’, que tomamos essa decisão. Nós vamos em frente […]. E enquanto Linn vive sua jornada no BBB, sendo a pessoa divertida e alegre que ela é, nós estamos aqui por ela e com ela”, finaliza a publicação.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)