GAY BLOG BR by SCRUFF

Em entrevista ao site norte-ameriacano The Hollywood Reporter, Bradley Cooper falou sobre as dificuldades e o processo de gravação do filme “O Beco do Pesadelo”, de Guillermo del Toro. No longa-metragem que está prestes a chegar nos cinemas brasileiros, o ator aparece em cenas de nu frontal.

(Foto: Reprodução)

“É realmente como colocar um kit de mineiro, chapéu e lanterna, olhar um para o outro e depois descer no túnel, sabendo que você pode estar cavando uma rota que nunca o levará ao fim naquele dia, mas você volta e desce novamente no dia seguinte”, disse Cooper durante o do programa “The Business”

O ator também falou de sua relação com o diretor do filme, com quem conversa diariamente e que se tornou um amigo próximo.“[…] o conteúdo do filme, o que estávamos explorando, para fazê-lo de maneira real, exigia que estivéssemos nus emocionalmente, com a alma”, acrescentou ele.

(Foto: Reprodução)

De acordo com Cooper, no filme, há uma cena envolvendo um ato sexual com a personagem de Toni Collete. Para o ator, se despir diante das câmeras foi um enorme desafio, algo que nunca fez antes.

“Ainda me lembro daquele dia em que fiquei nu na frente da equipe por seis horas, e foi o primeiro dia de Toni Collette. Foi como, ‘Uau.’ Isso foi bem pesado. […] porque não havia nada de gratuito nisso. Foi para a história”, comentou o ator. 

O filme é baseado em “O Beco das Almas Perdidas” (1946), romance de William Lindsay Gresham e aborda a história de um homem corrupto, vivido por Cooper, que se junta a uma psiquiatra (Cate Blanchett ) para aplicar golpes em milionários. O longa-metragem tem estreia marcada para o dia 27 de janeiro nos cinemas brasileiros. 

Assista ao trailer:




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)