Festival Mix Brasil divulga filme de abertura; evento começa em 13 de novembro

Longa francês "Retrato de Uma Jovem em Chamas", dirigido por Céline Sciamma, foi escolhido para ser exibido na abertura do 27º Festival Mix Brasil

Com cerimônia de abertura no dia 13 de novembro, o Festival Mix Brasil é um evento cultural anual com foco em filmes relacionados com a sexualidade em suas diversas formas de expressão. Em 2018, 52 mil pessoas participaram das exibições, festas, teatro, música, conferência e debates.

A cada edição, um longa-metragem é escolhido para ser exibido na cerimônia de abertura. Em 2017 foi Call Me By Your Name (Me Chame Pelo Seu Nome), em 2018 foi Bixa Travesty e este ano será o fracês “Retrato de Uma Jovem em Chamas” (“Portrait of a Lady on Fire” / “Portrait de la jeune fille en feu”), dirigido por Céline Sciamma.

Confira o trailer:

SINOPSE

França, 1770. Marianne, uma pintora, é incumbida de pintar o retrato de casamento de Héloïse, uma jovem que acabara que deixar o convento. Héloïse está relutante sobre seu noivado, e Marianne deve pintá-la sem o seu conhecimento. Ela a observa diariamente, para que a pinte em segredo. Melhor Roteiro e Queer Palm em Cannes (Un Certain Regard).

Prêmios e qualificações do Festival Mix Brasil

Coelho de Ouro

Prêmio de Juri para Melhor Longa Metragem Brasileiro (ficção/documentário);
Prêmio de Juri para Melhor Curta Metragem Brasileiro (Ficção/documentário);

Coelho de Prata

Prêmio de Juri para Melhor Direção em Curta Metragem Nacional;
Prêmio de Juri para Melhor Roteiro em Curta Metragem Nacional;
Prêmio de Juri para Melhor Interpretação em Curta Metragem.

Prêmio de Juri para Melhor Direção em Longa Metragem Nacional;
Prêmio de Juri para Melhor Roteiro em Longa Metragem Nacional;
Prêmio de Juri para Melhor Interpretação em Longa Metragem Nacional.

Prêmio de Publico para Melhor Longa Metragem Brasileiro (ficção/documentário);
Prêmio de Publico para Melhor Longa Metragem Internacional (ficção/documentário).
Prêmio de Publico para Melhor Curta Metragem Nacional;
Prêmio de Publico para Melhor Curta Metragem Internacional;

Prêmios Especiais

Prêmio Suzy Capó (Coelho de Ouro) para o trabalho mais inventivo e transgressor. (filme/teatro/musica/dança).

Prêmio Show do Gongo (Coelho de Prata) ao vídeo sobrevivente às gongadas do público e de Marisa Orth;

Canal Brasil
Prêmio Canal Brasil escolhido por juri do Canal para Melhor Curta Metragem Nacional – valor R$ 15.000,00 (quinze mil reais) além de ser indicado para po grande Prêmio Canal Brasil no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).

Prêmio Sesc TV para o melhor curta metragem da competitiva escolhido por um juri escolhido pelo Sesc. Premio de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e contrato de exibição por 2 anos no canal.

Incentivos:
Prêmio Mistika curta-metragem – R$ 5 mil em serviços de pós-produção de imagem.

Prêmio CTAV
Curta metragem: empréstimo de equipamento e acessórios por duas semanas;
Longa metragem: empréstimo de equipamento e acessórios por quatro semanas.

Prêmio DOTCINE
Curta Metragem: 2 diárias de correção de cor + DCP master;
Longa Metragem: Master DCP.

2 COMENTÁRIOS