Ariana Grande volta aos palcos em Manchester: ‘ter medo não é a resposta’

O show de Ariana Grande começou por volta das 18h; aqui no Brasil, às 15h pelo Multishow

mancehee

Autoridades estimam que 300 mil pessoas estejam reunidas, mesmo após lamentável atentado do último dia 04. O prefeito de Manchester, Andy Burnham, sustentou que o evento não poderia ser cancelado: “qual seria a alternativa? Ter medo não é a resposta.”

A segurança, obviamente, foi reforçada e os lucros do evento serão revertidos para as famílias da vítimas. Também foram escalados para o show Justin Bieber, Katy Perry, Robbie Williams, Usher, Take That, Miley Cyrus e outros.

IMG_7663IMG_7664IMG_7665IMG_7666IMG_7667

ATENTADO

Uma explosão matou 22 pessoas e feriu outras 59 nesta segunda-feira (22) perto da Manchester Arena, no Reino Unido, de acordo com a polícia local, que trata o caso como um “incidente terrorista”. Há crianças entre os mortos, mas esse número ainda não foi divulgado.

Inicialmente, a polícia informou que a explosão havia deixado 19 mortos. Na madrugada desta terç (23), porém, o chefe de polícia de Manchester, Ian Hopkins, atualizou o número de mortos para 22.

“Posso confirmar que há crianças entre os mortos”, afirmou Hopkins.

O agente policial informou que há uma investigação em curso para identificar o responsável pelo ataque e para descobrir se o homem atuou sozinho ou como parte de uma rede terrorista.

Hopkins confirmou que o homem morreu na detonação da explosão, mas não explicou se ele está incluindo entre os 22 mortos anunciados.

O estrondo foi ouvido por volta das 22h35 (18h35, no horário de Brasília) ao final do show da cantora americana Ariana Grande, que tem um público majoritariamente formado por crianças e adolescentes. Segundo a Manchester Arena, o incidente ocorreu do lado de fora, em um espaço público.

Fontes de inteligência dos Estados Unidos disseram à rede CNN que investigadores identificaram um homem no local como um provável suicida.

Um representante da gravadora de Ariana disse à revista “Variety” que ela está “ok”. Segundo relatos e vídeos publicados em redes sociais, houve correria na saída do show. Ariana disse, mais tarde, que está ‘despedaçada’.

A Manchester Arena é um ginásio usado para shows e eventos esportivos com capacidade para 21 mil pessoas. A conta oficial do local afirma que o incidente ocorreu do lado de fora, numa área pública.

Não está claro o que causou o estrondo. Algumas testemunhas disseram a veículos da imprensa local que ouviram dois estouros. Os serviços de emergência estão no local. O serviço britânico de trens bloqueou as linhas que saem da estação Victoria, que fica em frente à arena.

As informações são da Folha de SP, BBC e pela hashtag #OneLoveManchester