Novo som de Criolo é manifesto pró-LGBT com batidas de deep house

O refrão da música alerta que "o Homo sapiens errou" e, para uma sociedade mais igualitária, é preciso quebrar os padrões que a cercam

O rapper Criolo flerta com batuques e deep house em “Etérea“, canção divulgada na nesta quinta-feira (14). O clipe é performado por artistas LGBT+ como Marcello D’Avilla (que dirigiu a peça Demônios), Juju ZL e Kiara (Batekoo).

foto: @fredsiewerdt
Foto: @fredsiewerdt

O cantor manifesta que é necessário quebrar os padrões e é preciso abrir discussões pelo bem estar coletivo, sobretudo, em termos de “amores aceitos sem discussões”. O refrão da música aponta que “o Homo sapiens errou” e, para uma sociedade mais igualitária, é preciso quebrar os padrões que a cercam.

Assista:

Etérea – Criolo

Uma bala
Quase hétero
Etérea, massa, complexo
De não se entender
Um canalha
Quase hétero
Ignorar amor por complexo
Medo de nele se ver

É necessário quebrar os padrões
É necessário abrir discussões
Alento pra alma, amar sem portões
Amores aceitos sem imposições
Singulares, plural
Se te dói em ouvir, em mim dói no carnal

Mas se tem um jeito esse meu jeito de amar
Quem lhe dá o direito de vir me calar?
Eu sou todo amor, medo e dor, se erradicar
Feito o sol que ilumina a umidade suspensa do ar

Homo, homo, homo
Homo, homo, homo
Homo, homo, homo
Homo sapiens, errou

Homo, homo, homo
Homo, homo, homo
Homo, homo, homo
Homo sapiens, errou

FICHA TÉCNICA

AUTORIA CRIOLO
VOZ CRIOLO
PROGRAMAÇÃO E BASS SYNTH DKVPZ
SYNTHS E SAMPLES DANIEL GANJAMAN
PERCUSSÃO MAURÍCIO BADÉ

PRODUZIDO POR DANIEL GANJAMAN e DKVPZ
GRAVADO POR DANIEL GANJAMAN no ESTÚDIO EL ROCHA e FINE TUNING (PERCUSSÃO)
MIXADO POR DANIEL GANJAMAN no ESTÚDIO EL ROCHA
MASTERIZADO POR FERNANDO SANCHES no ESTÚDIO EL ROCHA

CLIPE
DIREÇÃO GIL INOUE e GABRIEL DIETRICH
DIREÇÃO CRIATIVA TINO MONETTI e PEDRO INOUE
CO-PRODUÇÃO DIETRICH.TV e OLOKO RECORDS
PÓS-PRODUÇÃO DIETRICH.TV
GRADING MARLA COLOUR GRADING
CASTING D’AVILLA e TINO MONETTI
PRODUÇÃO FANJO (@FANJOFANJO)
STYLING NILO CAPRIOLI (@NILINHO_)
BELEZA FELIPE RAMIREZ (@RAMIRONA)

PERFORMERS
ÁKIRA AVALANX (Coletivo House of Avalanx)
D’AVILLA (Popporn/Festa Dando)
FEFA (Animalia)
FLIP (Coletivo Amem)
JUJU ZL (Batekoo)
KIARA (Batekoo)
TRANSÄLIEN (Marsha Trans e Coletividade Namíbia)
ZAILA (House of Zion)