GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última terça-feira (26), o estado do Rio de Janeiro anunciou que o dia 30 de outubro se tornou oficialmente o “Dia Estadual do Humor”. A data, que coincide com o aniversário de Paulo Gustavo, é uma homenagem ao ator e toda a sua carreira. O humorista morreu no dia 4 de maio deste ano, vítima de Covid-19.

O dia escolhido deu origem à Lei nº 9440, sancionada pelo atual governador do estado, Cláudio Castro (PSC-RJ), e divulgada na terça-feira (26) pelo Diário Oficial da União. A norma ainda cita a frase “Rir é um ato de resistência”, imortalizada por Paulo Gustavo. O projeto é de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT).

(Foto: Reprodução)

“Fica incluído no Calendário Oficial do Estado do Rio de Janeiro o Dia do Humor, a ser comemorado, anualmente, no dia 30 de outubro. A data é uma homenagem ao nascimento de Paulo Gustavo, humorista que imortalizou a frase ‘Rir é um ato de resistência!’”, diz o texto.

A Alerj também realizará uma sessão solene, no próximo sábado (30), para homenagear os Paulo Gustavo e os artistas que vivem do humor. “[…] Fica banido o mau humor, a partir da publicação da presente Lei, especialmente, na data de que trata o artigo 1º”, escreveu o autor, entrando no clima da nova lei. 

Paulo Gustavo morreu aos 42 anos. Ele deixou o marido, Thales Bretas, e dois filhos, Gael e Romeu, de dois anos.  Em 2022, a escola de samba São Clemente, do Rio de Janeiro, irá homenagear o artista na avenida, com o samba-enredo “Minha Vida É Uma Peça”.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

1 COMENTÁRIO