GAY BLOG BR by SCRUFF

Após duas temporadas de sucesso e uma terceira temporada interrompida devido a pandemia de Covid-19, está de volta no Teatro Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, o espetáculo “A Noite do Antílope Dourado“. A remontagem do premiado texto de Fernando Melo, da década de 1970, reestreia no dia 5 de abril.

(Foto: Divulgação)

No espetáculo, um assassino homofóbico e uma travesti suicida se confrontam e são manipulados pelo jogo doentio de um enfermeiro perverso e sádico. “A Noite do Antílope Dourado” aborda temas comuns aos dias de hoje: as perturbações humanas, a homofobia e a manipulação por parte de um poder doentio.

A montagem tem direção de Sérgio Nostra e Claudinha Vieira. Já o elenco é formado por Matheus Freire (Jorge), Fernando Giusti (Vera) e Tito Sant’anna (enfermeiro). A temporada se encerra no dia 26 de abril e os ingressos já estão à venda no site Sympla.

(Foto: Divulgação)

A peça

A trama se desenrola na cela de um manicômio judiciário, mas poderia passar em qualquer lugar onde a imposição de ideias se faz presente. Nesse manicômio se encontra Jorge, um assassino cruel, homofóbico, emocionalmente desequilibrado, e para lá é levada Vera, uma velha travesti suicida, que vive à margem de uma sociedade hipócrita e preconceituosa. Dois universos diferentes, que se atraem e se repelem mutuamente. Duas partículas de camadas sociais minoritárias e marginalizadas.

Controlando esta cela, está um enfermeiro, que para este pequeno universo representa o poder maior. Abusivo e repressor, do alto de sua posição, este enfermeiro arma um jogo entre Jorge e Vera com a finalidade de atingir os seus próprios objetivos, que é destruí-los. Partes fracas que são, diante de uma força maior presente, estas minorias (assassino e travesti) se tornam peças fundamentais para saciar a diversão sádica do enfermeiro. Porém, essa cela não pode comportar três mentes tão perturbadas e o fim desse jogo é previsível: uma dessas peças é eliminada.

(Foto: Divulgação)

Serviço

A Noite do Antílope Dourado
Onde: Teatro Candido Mendes – Rua Joana Angélica, 63 – Ipanema, Rio de Janeiro;
Capacidade: 103 lugares; 1 lugar para cadeirante;
Horários: Terça-feira às 20hs;
Classificação: 16 anos;
Ingressos: R$50,00 (inteira) e R$25,00 (meia) – à venda no site Sympla aqui;
Temporada: de 05 a 26 de março de 2022.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)