GAY BLOG BR by SCRUFF

A peça “Sabe Quem Dançou?” estreia sua 22ª temporada nos dias 2, 9, 15, 23 e 30 de julho, às 20 horas, no Teatro West Plaza, na Barra Funda, em São Paulo. A montagem tem direção de Hermes Carpes, é produzida pela Primo 88 Produções e conduzida pela companhia teatral Os Tocáveis. Nesta “encarnação”, o diretor optou por mudar o nome do protagonista de Vanusa para Madonna, trazendo também músicas da popstar internacional.

Concebido pelo dramaturgo Zeno Wilde, o espetáculo foi reconhecido como melhor texto do prêmio Timochenco Wenbi de 1990 e finalista do Shell na mesma categoria no ano seguinte, a peça “Sabem Quem Dançou?” também é lembrada por ter sido protagonizada pelo estilista Clodovil Hernandes (1973-2009).

As mudanças propostas em cada temporada são para dar “gás e frescor” ao espetáculo, segundo Carpes: “O público sabe que verá sempre uma peça diferente”, conta, ressaltando que o sabor de novidade também permeia o show de boate inserido na montagem.

“A mudança deu outra cara ao espetáculo”, disse Hermes, revelando que a viúva de Wilde, Sandra, e a filha dele, Giulia, aprovaram as alterações. A trilha sonora será o repertório da cantora internacional e, como cenário, o pequeno e bagunçado estúdio imaginado pelo diretor comporta uma cama, uma mesa, um santuário e um banheiro. Durante dois meses, na fase da pesquisa e laboratório para conceber sua encenação Hermes visitou a Cracolândia, cinemas de filmes pornôs e outros ambientes de prostituição.

Ambientada no anos de 1980, a tragicomédia desvenda o universo do expressivo personagem Madonna, esperto receptador de objetos roubados que ampara “rapazes” em sua casa. A narrativa ágil acompanha sua vida e a de outros personagens marginalizados diante dos desafios da sociedade.

Sexo, violência e corrupção são expostos no palco através de interpretações que escancaram – com a ajuda de diálogos ácidos – as mazelas, os tipos, o contexto, a linguagem e as situações que se aplicam perfeitamente aos dias atuais.

A postura realista adotada na peça, conta Hermes, provoca choque e reflexão sobre questões tão conhecidas, mas muitas vezes ignoradas. A peça “atravessou décadas sem perder seu significado e importância e, agora, se destaca ainda mais com seu texto forte e imprescindível para momentos como esse que estamos vivendo em nosso país”. O encenador acredita na força do texto por abordar temas atuais como corrupção, jogo de poder dos políticos e milícias.

SERVIÇO

Temporada: 2, 9, 16, 23 e 30 de Julho de 2021.
Horário: Sextas-feiras às 20h.
Local: Teatro West Plaza Shopping.
Endereço: Shopping West Plaza – Av. 
Francisco Matarazzo – Água Branca.
Cidade: São Paulo.
Referência: Ao lado do Allianz Park e próximo ao metrô Barra Funda.
Classificação: 16 anos.
Duração: 70 minutos.
Gênero: Tragicomédia.
Funcionamento da bilheteria: Ter. a Dom. das 14h às 22h.
Capacidade: 140 lugares.
Ingressos: R$ 60 (inteira); R$ 30 (meia) – R$ 20,00 (antecipado no www.bilheteriaexpress.com.br)

FICHA TÉCNICA

Texto: Zeno Wilde.
Direção: Hermes Carpes.
Elenco: Hermes Carpes, Marcondes Lobo, Kalel de Olveira, Alexandre Amaral, Ronaldo Spedaletti, Fernando Galldino e Diogo Rodrigues.
Produção: Hermes Carpes.
Produção executiva: Flavia Primo. 
Figurino e Cenário: 
Carpes Produções.
Costureira: Valeria Rocha.
Adereços: Marisa Nascto.
Maquiagem: Acsa Targino.
Fotografia em Estúdio: Sérgio Santoian.
Fotografia em Cena: Ronaldo Gutierrez, Jean Bueno e Deivid R. Purificação.
Sonoplastia: Flavio Toda.
Desenho de Luz e Iluminação: Drigo de Lisboa.
Contraregra: Flávio Toda.
Idealização e Montagem: Cia. Os Tocáveis.
Produção e Realização: Primo 88 Produções e Carpes Produções.

Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação

Join our community of 15+ million guys

Find guys looking for the same thing with SCRUFF Match. Volunteer to be a SCRUFF Venture Ambassador to help out guys visiting your home city. Search an up-to-date agenda of the top parties, prides, festivals and events. Upgrade your game with SCRUFF Pro and unlock 30+ advanced features. Download SCRUFF here.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"