GAY BLOG BR by SCRUFF

O que faz uma empresa ser um exemplo de diversidade e inclusão? Certamente ter um percentual relevante de pessoas negras, LGBTQIA+ e com deficiência na equipe é um compromisso fundamental – mas nascer com o propósito de ser plural e inclusiva garante que a diversidade esteja no DNA e na cultura da empresa em todos os seus atos.

Para a Agência Bistrô, nascida em Porto Alegre e com braço em São Paulo, a empresa precisa praticar diariamente ações reais de acolhimento à diversidade e garantir que pessoas de grupos minoritários estejam em posição de liderança.

Gabriel Besnos, CEO da Bistrô, que é gay
Gabriel Besnos, CEO da Bistrô, que é gay

No mês em que o mundo celebra o orgulho LGBTQIA+, Gabriel Besnos, CEO da Bistrô, que é gay, casado, decidiu se montar de drag queen e fazer uma performance surpreendente em um evento online com os funcionários da agência.

Formado em publicidade pela UFRGS, pós-graduado em design, Gabriel trabalha há mais de 15 anos na comunicação e gestão estratégica de grandes marcas regionais e nacionais. Como homem gay, entende que a agência – e o mercado de publicidade como um todo – precisam ser espaços seguros de acolhimento da diversidade e de uma real – e livre – expressão criativa. Nesse mês do Pride, a ação proposta pela agência com os colaboradores foi uma oficina de make e um bate papo sobre vivências LGBTQIA+ com a drag queen Sarah Vika, em que o Gabriel resolveu também resgatar seu passado de 10 anos como ator e viver seu “first time in drag”, como um símbolo desse acolhimento e dos passos que o mercado ainda precisa dar.

“A diversidade nas empresas precisa estar também representada nas lideranças, nos cargos de chefia, na alta gestão. Contratos se assinam com muito trabalho, talento, competência e – por que não? – também podem ter uma pitada de glitter”, comenta Besnos.

A agência tem um trabalho diferenciado no que se refere a diversidade e inclusão. Em seu website, a agência mantém um score da diversidade, calculado a partir de uma autodeclaração voluntária anônima da equipe. Como parte de sua estratégia, a agência realiza uma avaliação sistemática destes índices semestralmente, para medir o nível de inclusão e acolhimento à diversidade na equipe.

Gabriel Besnos, CEO da Bistrô, que é gay
Divulgação



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.