True Colors Cup volta a desafiar os preconceitos no mundo esportivo em 2020 e sua segunda edição chega para a luta ainda maior e mais diversa. No torneio, que acontecerá nos dias 1º e 2 de maio, mais de 750 atletas em 42 equipes – entre times LGBT+ de futebol masculino e vôlei masculino, além do futebol feminino, novidade deste ano – disputarão não apenas os prêmios aos campeões, mas também mostrarão mais uma vez que não há lugar para o preconceito no esporte.

GAY BLOG BR by SCRUFF
true colors Os Bárbaros FC foram os campeões no futebol em 2019
Os Bárbaros FC foram os campeões no futebol em 2019 – Foto: divulgação

As inscrições já estão abertas para todo o Brasil e as equipes interessadas em participar farão o processo completamente online, via site oficial da competição: www.truecolorscup.lgbt. O pagamento pode ser realizado por meio de cartão de débito, crédito à vista ou parcelado, boleto bancário com vencimento em 30 dias e ainda rolam descontos para quem se inscrever em mais de uma categoria/modalidade. O regulamento do torneio e outras informações também estão disponíveis por lá.

“É maravilhoso ver que a luta contra o preconceito no esporte segue firme após a primeira edição e, mais importante ainda, que ela cresce e ganha força com a chegada da True Colors Cup 2020. Poder, desta vez, contar com pessoas realmente interessadas em abraçar a causa e levar essa mensagem adiante me deixa muito feliz”, comemora o advogado Filipe Marquezin que, ao lado dos amigos André VendramiAntonio Villela e Pedro Gariani, organiza o campeonato deste ano.

NOVIDADES

Após o sucesso da primeira edição que consagrou os paulistas Bárbaros FC na modalidade futebol masculino e Thunders Brazil no voleibol em 2019, o campeonato cresceu e, agora, juntará forças com as mulheres em um torneio especial de futebol feminino. Os homens heterossexuais e atletas federados continuam proibidos em campo e quadra, mas a novidade para este ano, é que a True Colors Cup receberá oito times de garotas. Elas jogarão em busca de uma vaga em um campeonato internacional a ser disputado no Rio de Janeiro em 2021 e da isenção do pagamento da inscrição da próxima True Colors Cup. E claro, também provarão que mulher entende muito do esporte bretão, sim!

“É nosso papel promover a cidadania plena, por meio da disseminação de conhecimento contra os preconceitos e pela busca da inclusão, respeito e representatividade das minorias sociais”, lembra o publicitário Antonio Villela. “E é por acreditarmos no poder de transformação do esporte e termos convicção de que não se pode permitir que a ignorância e a falta de informação vençam o respeito ao ser humano, que esse é um importante passo em prol de mais tolerância”, completa o também publicitário Pedro Gariani.

Para o futebol masculino, o número de vagas foi expandido de 16 para 18, dando mais oportunidade para as equipes que não conseguiram participar do evento em 2019 estarem na luta e em campo durante 2020. O time campeão também será agraciado com uma vaga no campeonato internacional e isenção no valor da inscrição da True Colors 2021. Há ainda outros prêmios que, por enquanto, são mantidos em segredo pela organização.

O paulista Vrau ficou entre os finalistas do torneio de vôlei
O paulista Vrau ficou entre os finalistas do torneio de vôlei – Foto: divulgação

O voleibol segue com 16 vagas e o time que segurar a taça da vitória também terá vaga garantida e grátis no torneio do ano que vem. Como de costume, serão também premiados o melhor oposto, os dois melhores centrais, o melhor líbero, os dois melhores ponteiros, o melhor levantador e o MVP – melhor atleta da competição. Todos os atletas também receberão medalhas do evento.

AÇÃO SOCIAL

O campeonato, que tem entre seus pilares o respeito à diversidade, a integração e acolhimento entre jogadores em um ambiente tolerante, livre de preconceitos e onde não haja espaço para a LGBTfobia e misoginia, estenderá novamente sua atuação buscando dar oportunidade e visibilidade a todos membros da comunidade LGBT+.

Por isso, repetirá a parceria com o Projeto de Reinserção Social Transcidadania, e a parte técnica da competição (sumulação de jogos, apoio aos árbitros e demais funções congêneres) será realizada com a ajuda de jovens transexuais que fazem parte do programa, que tem como proposta fortalecer as atividades de colocação profissional, reintegração social e resgate da cidadania para a população LGBT+.

“Esse é um pequeno passo que a True Colors vem dando em busca de se consolidar como um campeonato completamente inclusivo, que transforme vidas e de às pessoas oportunidades em diversas formas, seja em campo, quadra, social ou profissionalmente. Temos isso como missão e seguiremos tentando fazer mais e melhor a cada edição”, explica o jornalista André Vendrami.

Jovens transexuais do projeto Transcidadania em ação durante os jogos
Jovens transexuais do projeto Transcidadania em ação durante os jogos – Foto: divulgação

NOVA COMUNICAÇÃO VISUAL

Além da reestruturação na equipe, a True Colors Cup também apresenta uma nova comunicação visual para 2020. A marca da competição ganhou ares mais modernos, dando a ela uma cara mais esportiva e evidenciando mais e melhor a diversidade LGBT+ que o campeonato representa. O projeto também lançou um site oficial (www.truecolorscup.lgbt) que registrará essas futuras edições, além de conter um breve histórico da estreia do torneio em 2019. A proposta é deixar a True Colors Cup cada vez mais profissional e facilitar toda a interação com o público, patrocinadores, equipes participantes, mídia e quem mais se interessar pela ideia.

PINK MONEY

Empresas como Apple, Google, Doritos, Coca-Cola, Ben & Jerry’s, Burguer King, Netflix e algumas gigantes do mercado nacional como O Boticário, Skol e Avon são exemplos de apoiadores da causa LGBTI+. Em sua primeira edição, a True Colors Cup contou com o apoio do Governo Britânico, como parte da campanha Love is GREAT, da Gilead Sciences, da ECO Diagnóstica, do Museu do Futebol e das bebidas do bem™. A corrida para o evento em 2020 é grande para que novamente essas e outras marcas abracem o campeonato e a causa.

No Brasil, de acordo com um estudo realizado pela empresa norte-americana Out Leadership, o potencial de consumo do mercado LGBT+ é de quase R$ 420 bilhões. Isso é o equivalente a 10% da riqueza produzida por aqui, segundo dados de 2015. Passados cinco anos, esses números – que anteriormente já eram – estão subestimados, já que nenhum dos países analisados inclui em censo estatísticas bastante precisas e totais sobre a população LGBT+. Na Europa, por exemplo, o potencial de consumo é estimado em US$ 873 bilhões. Nos EUA, chega a US$ 760 bilhões.

Os cariocas do Alligaytors participaram com times de vôlei e futebol na True Colors Cup 2019
Os cariocas do Alligaytors participaram com times de vôlei e futebol na True Colors Cup 2019 – Foto: divulgação

SERVIÇO:

True Colors Cup – 2ª Edição
Quando: 1º e 2 de maio de 2020
Entrada Gratuita (opcional a doação de 1kg de alimento não perecível, exceto sal, ou produtos de higiene pessoal)
Inscrições: www.truecolorscup.lgbt
Valores: R$ 1.000 por equipe / Descontos para inscrição em mais de uma categoria/modalidade
Pagamento: Cartão de débito, crédito à vista ou parcelado, boleto bancário
Instagram: www.instagram.com/truecolorscup
Facebook: www.facebook.com/truecolorscup

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.