GAY BLOG BR by SCRUFF

O advogado e ator paraense Andrey Moura (32) viveu uma situação inusitada ao tirar uma foto 3×4 para seu CPF digital e ver que o marido, César Fialho (33) apareceu nu ao fundo jogando Nintendo Switch.

O fato ocorreu porque Moura acessou o aplicativo do governo federal, e este tem uma ferramenta que captura imagem via reconhecimento facial. No entanto, não foi apenas o rosto dele que foi capturado, mas sim todo o ambiente, e por isso o marido dele também foi capturado.

Andrey contou no Twitter o caso de forma divertida, chegando a receber mais de 52 mil curtidas, algo que o surpreendeu. “Quando postei, não achei que iria ter toda essa repercussão, até porque tenho poucos seguidores”, disse ao UOL.

Assim que percebeu a repercussão, ele ligou para o marido e ambos se divertiram com a situação. “Na hora, ele não estava comigo e quando contei lembrei o dia em que fiz esse reconhecimento facial. Até comentamos que, apesar de dar para perceber que ele está pelado, quando você dá o zoom na foto não fica tão explicito. Nos divertimos muito com os comentários do Twitter.” 

Andrey explicou que ele usou o aplicativo para encerrar a inscrição como Micro Empreendedor Individual. “Entrei para dar baixa no MEI e, para isso, tinha que passar por algumas etapas — uma delas era o reconhecimento facial. Na hora que posicionei a câmera na tela oval só aparecia meu rosto. Encaixei e bati a foto. Na semana seguinte, acessei de novo (o aplicativo) e tinha uma mensagem que havia três documentos disponíveis, mas quando cliquei só tinha o CPF digital. Foi aí que vi meu marido pelado no fundo da foto. Foi um susto, fiquei desesperado, mas depois achei engraçado”. 

O advogado também relatou que não havia qualquer orientação no aplicativo sobre a necessidade de observar o fundo na hora do registro de imagem. “Tanto que nem me preocupei e fiz (a foto) no quarto, de qualquer jeito, sem camisa porque para mim só aparecia meu rosto na tela”, comentou.

Ele também diz que procurou uma opção para retificar no aplicativo, e que não pretende levar o caso adianta. “Na verdade, acabei deixando para lá porque consegui resolver bem rápido. Assim que fiz a foto nova, foi substituída quase instantaneamente e pude visitar o documento e ver que havia mudado, por isso, acabei não ligando para essas questões judiciais”. 

Aplicativo do governo emitiu CPF digital com um homem nu ao fundo
Reprodução



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"