Dennis Del Valle, jogador de vôlei nascido em Porto Rico, decidiu falar abertamente sobre ser gay ao jornal suíço “24 heures”, sendo o primeiro homem que joga nas principais ligas do país a comentar sobre o assunto. Atualmente jogando em um time da Suíça, ele disse que acha importante expor para encorajar outros atletas LGBT+ a fazerem o mesmo, dizendo que sua atitude pode mudar a vida de alguma pessoa.

https://www.instagram.com/p/Byz5pBkBvHt/
Reprodução

“Deve haver muitos jovens atletas que vivem em segredo, na Suíça e em outros lugares. No meu nível, tive uma carreira de sucesso sendo gay. Espero que eles digam: ‘Por que não eu?’ Talvez eu possa mudar a vida de alguém. Meu discurso poderia permitir que alguns adquirissem confiança, se sentissem mais seguros, não parassem de praticar um esporte por medo de rejeição”.

O jogador de vôlei também diz que não falou antes por medo de “quebrar a química” entre a equipe, mesmo dentro de um ambiente amigável. No entanto, ele acabou expondo sua orientação sexual para que outras pessoas ganhassem confiança e não parassem de praticar esportes por medo de rejeição.

“Ser atleta gay ao mais alto nível não é uma coisa fácil. Aceitar a homossexualidade, reafirmar-se, é um processo longo e não é fácil, mesmo em um ambiente amigável (…) Eles começam a imaginar coisas, só pensam na minha homossexualidade e não querem tomar banho por minha causa, ou algo assim. Quando vou para a academia, vou para o trabalho, não estou lá para ver garotos”.

View this post on Instagram

Good Morning from NYC #thebigapple #nyc

A post shared by Dennis (@delvalle427) on

Devido a pandemia do coronavírus, Dennis voltou à Porto Rico, já que os treinos foram paralisados. Ele também decidiu contar sobre sua homossexualidade para as pessoas mais próximas, como família e amigos, algo que até então ele não tinha feito.

“Fiquei aliviado que meu povo me aceitou. No final, eles só queriam que eu fosse feliz, que eu pudesse ser eu mesmo (…). Muito obrigado por todas as mensagens de suporte, respeito e valorização. Significam muito para mim.”

Primeiro jogador de futebol a se assumir gay na Inglaterra entrou para National Football Museum

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".