GAY BLOG BR by SCRUFF

Na ultima semana, Roberto Jefferson, que foi condenado em 28 de novembro de 2012 a sete anos e 14 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, fez uma live com um canal Bolsonarista julgando decisões como a criminalização da homofobia e a transfobia. No vídeo, Jefferson diz que os ministros “são sodomitas” e “usam saia pela opção sexual (sic)”.

O PTBista também teve intuito de ridiculizar integrantes do STF pela sexualidade: “Falando em nauseabunda, tem dois ministros lá [do STF] que têm esses gostos, né? É, tem. Tem ministros de rabo preso e dois de rabo solto. Um é o Carmen Miranda e o outro é o Lulu Boca de Veludo. É uma coisa… Você imagina um homem desses julgando… E aí eles querem fazer pauta de gênero porque até hoje eles não encontraram os seus, né? Você imagina uma cena, um ministro de quatro e um negão pá-fu-fu-fu nele? Não dá. Como esse homem pode representar Justiça, rapaz? Vê um fuzileiro naval daqueles pá-pá e ele gritando ‘me bate, me bate’, pá, pá, que horror. Um sodomista… Dois… Tem dois sodomistas ministros, rapaz. Se fossem juízes nunca deixaram a vara. Usam saia não é por saber jurídico, é por opção sexual (sic)”.

Com apoio do Sindicato dos Advogados de SP e do Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero, a Associação Brasileira de LGBTs (ABGLT) acionou o Ministério Público Federal para acusar o ex-deputado, que atualmente preside o PTB, pelas declarações homofóbicas e transfóbicas.

A vereadora Soninha Francine, do Cidadania, também protocolou na Secretaria de Justiça e Cidadania de SP uma denúncia que se baseia na Lei Estadual de São Paulo nº 10.948/01 que prevê multa a quem pratica discriminação em razão de orientação sexual.

BANIDO DO TWITTER

Jefferson foi uma das pessoas que foram suspensas do Twitter na última sexta-feira, 24, por uma ordem expedida pelo ministro Alexandre de Moares, responsável pela condução do caso de investigação de disseminação fake news. Além de Roberto Jefferson, Luciano Hang e mais 14 contas de bolsonaristas foram banidos da rede social a pedido do STF.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.