Hamburger com sabor de arco-íris

Em São Paulo, no Dia Internacional do Orgulho LGBT+, um hamburger para chamar de seu: Criminal Burger. É para comer sem culpa

Conhecida por nomear lanches com nomes de criminosos, a Criminal Burger incluirá no cardápio desta quinta-feira o pão de forma colorido. A ideia de se posicionar como um estabelecimento friendly foi motivada pela data, 28 de junho, que é o Dia Internacional do Orgulho LGBT+.

criminal burger
Sanduíche da Criminal Burger: para comer sem culpa. Foto: divulgação
hamburger
Pão de forma poc. Foto: divulgação

A Criminal Burguer nasceu na Vila Leopoldina, em São Paulo, há dois anos. Atualmente também conta com outra casa na Vila Romana. O ambiente é bem descontraído e a hamburgueria se preocupa em reforçar seu valores de respeito e transparência.

Artesanais, os burguers que estarão com o pão colorido são o “Réu Primário” (carne 140gr, blend de queijos e maionese da casa) e o “Carcereiro Vegetariano” (burguer de falafel de 150gr, mussarela, alface e tahine).

Serviço:
Criminal Burger – das 12h às 23h
Rua Nanuque, 595 – Vila Leopoldina, São Paulo
Rua Coriolano, 921 – Vila Romana, São Paulo

Mais:
Os burguers da Criminal têm 0% de hormônio. 70% da gordura é insaturada. Há um equilíbrio entre ômega 3 e ômega 6, que atendem ao que é recomendado para uma dieta saudável. O blend vem das raças Wagyu e Angus e recebeu o Rainforest Alliance Certified, por ser a primeira produção 100% sustentável de carne bovina do mundo por seguir as exigências de responsabilidade social, ambiental e animal. A carne dos lanches fornece uma fonte de proteína inigualável em sabor, textura, aroma, saúde e colaboração com o meio ambiente. O pão é servido em três opções: Tradicional, Integral e Australiano – feitos artesanalmente, sem conservantes, umidificantes, estabilizantes ou qualquer outro tipo de química. 

Comente