iPhone 8 RED começa a ser vendido no Brasil; parte do lucro vai para fundo de combate à AIDS

A Apple segue com campanha em parceria com a (RED) para ajudar programas que combatem o HIV/AIDS com a venda do iPhone vermelho

A nova opção de cor chega por meio de uma parceria entre a Apple e a RED, organização que faz campanhas para combater HIV/AIDS na África. Desde 2006, mais de 160 milhões de dólares foram doados para o Fundo Global de Luta contra Aids, Tuberculose e Malária, segundo a Apple. Com isso, a empresa de Tim Cook é a maior doadora da instituição.

A Apple segue com campanha em parceria com a (RED) para ajudar programas que combatem o HIV/AIDS onde já foram arrecadados mais de 160 milhões de dólares.
A Apple segue com campanha em parceria com a (RED) para ajudar programas que combatem o HIV/AIDS onde já foram arrecadados mais de 160 milhões de dólares.

Assim como ocorreu com o iPhone 7, a linha 8 será vendida numa edição Product (RED). Ou seja, em cores vermelhas. Com a diferença que a parte frontal será preta– em 2017, esse tipo de iPhone era branco na frente.

No Brasil, a linha iPhone 8 Product RED Edition custa 3.999 reais e a versão Plus sai por 4.599 reais.

Com a adição da cor vermelha a seu portfólio, a linha iPhone 8 agora conta com quatro opções de visual. As demais cores disponíveis são cinza espacial, dourado e prata.

“Essa edição especial Product RED do iPhone tem uma incrível combinação das cores preta e vermelha e também oferece aos consumidores a oportunidade de ter um impacto na luta contra a propagação do HIV e da AIDS”, escreveu Greg Joswiak, vice-presidente de marketing de produtos da Apple, em comunicado oficial.

iphone red apple
A Apple segue com campanha em parceria com a (RED) para ajudar programas que combatem o HIV/AIDS onde já foram arrecadados mais de 160 milhões de dólares.

Sobre iPhone

O desenvolvimento do iPhone começou com o CEO da Apple Inc. Steve Jobs. A Apple criou o dispositivo durante uma colaboração sem precedentes e secreto com a AT&T, anteriormente Cingular Wireless. O custo estimado de desenvolvimento da colaboração foram de 150 milhões de dólares ao longo de um período de trinta meses. A Apple rejeitou o projeto que tinha rendido o Motorola ROKR E1, uma grande colaboração com a Motorola. Em vez disso, a Cingular Wireless deu a Apple a liberdade para desenvolver o iPhone ela mesma.

Jobs apresentou o iPhone ao público em 9 de janeiro de 2007, num discurso. O iPhone foi colocado à venda nos Estados Unidos em 29 de junho de 2007, às 06:00 horas no horário local, enquanto centenas de clientes faziam fila fora das lojas por todo o país. O iPhone original foi disponibilizado no Reino Unido, França e Alemanha, em novembro de 2007, e na Irlanda e na Áustria, no outono de 2008

Em 11 de julho de 2008, a Apple lançou o iPhone 3G em 22 países. O 3G foi lançado em mais de oitenta países e territórios. A Apple anunciou o iPhone 3GS em 8 de Junho 2009, juntamente com planos para liberá-lo mais tarde, em junho, julho e agosto, começando com os Estados Unidos, Canadá e os principais países europeus em 19 de junho. Em uma tentativa de ganhar um mercado mais amplo, a Apple manteve o iPhone 3G de 8GB em um preço mais baixo. Houve várias reduções de preço desde o lançamento do iPhone em 2007.

Em 24 de junho de 2010 a Apple disponibilizou a venda do iPhone 4 nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Japão. O iPhone 4 apresentava uma estrutura remodelada e conta agora com dois câmeras (a traseira com capacidade de gravar videos em HD) e FaceTime.

Em outubro de 2011, foi lançada a quinta versão do aparelho, o iPhone 4S. Com design praticamente idêntico ao modelo anterior, trouxe como novidades uma câmera de maior resolução (8,0 megapixels e gravação de vídeo 1080p), um processador com dois núcleos e uma função de assistente de voz, chamada Siri.

Em setembro de 2012, foi lançada a sexta versão do aparelho, o iPhone 5. Com um novo design, tela de 4 polegadas, novo conector lightning, nova camera FaceTime HD de 1,2MP, um processador Apple A6 e compatibilidade com redes 4G LTE.

A Apple vendeu 6,1 milhões de unidades do iPhone original ao longo de cinco trimestres. A empresa vendeu 3,8 milhões de unidades do iPhone 3G no segundo trimestre de 2009, que terminou em Março de 2009, e 12,6 milhões de iPhone 3G e 3GS, totalizando 362,3 milhões de iPhones vendidos até hoje. Vendas em 2008 ultrapassaram temporariamente a do BlackBerry da RIM vendendo 5,2 milhões de unidades, o que fez Apple brevemente a terceira maior fabricante de celulares, apenas depois da Nokia e Samsung.

A parte traseira do iPhone original era feita de alumínio com a base de plástico preto. O iPhone 3G e 3GS são feitos todos de plástico. O iPhone 3G está disponível em um modelo preto de 4 e 8 GB, e a opção de branco ou preto para o modelo de 8 e 16 GB. O iPhone 3GS está disponível nas duas cores, independentemente da capacidade de armazenamento. O iPhone 4 é feito de alumínio e vidro na frente e atrás com um aço inoxidável na borda que serve como antena sendo que existem dois modelos atualmente: Preto e Branco (Lançado em 28 de Abril de 2011).

O iPhone já recebeu resenhas positivas de críticos como David Pogue e Walter Mossberg.

As vendas do iPhone mundialmente já ultrapassaram 160 milhões de unidades, o que já faz dele o produto tecnológico portátil mais vendido da história, superando ícones como o iPod (da própria marca), o Walkman da Sony e o GameBoy da Nintendo.

Comente