O cantor sertanejo Daniel surpreendeu os seguifores nas redes sociais ao anunciar que está em busca de um novo parceiro profissional.

“Pode parecer inesperado e repentino para os fãs que me acompanham há tanto tempo, mas estou em um novo momento e percebi que é chegada a hora de encontrar um parceiro fiel e versátil para rodar comigo pelo Brasil”, disse ele em um vídeo publicado nas redes sociais. “Está mais do que na hora de encontrar um novo parceiro de estrada”, completou ele.

Daniel diz que está em busca de um novo parceiro: ''Fiel e versátil'
Foto: reprodução

Daniel começou tocando com o pai e aos cinco anos já começava a tocar violão, depois passou a participar de festivais da região, onde conheceu João Paulo (José Henrique dos Reis). O primeiro disco da dupla foi lançado em 1985. A partir daí, a dupla começou uma busca intensa e incessante pelo sucesso, divulgando o trabalho nas rádios e nas cidades do interior paulista. Porém o mercado fonográfico nacional só começou mesmo a aceitar a dupla, que sofreu inclusive o preconceito racial, em 1992, sendo o primeiro sucesso creditado a canção Desejo de Amar. Outros sucessos vieram, como a moda caipira “Dia de Visita” e a a balada “Só Dá Você na Minha Vida”.

Em 1996, com o lançamento de João Paulo & Daniel Vol. 7, a dupla finalmente se consagrou. O CD trazia a canção romântica Estou Apaixonado, versão para Estoy Enamorado, de Donato e Estefano, que estourou nas rádios e na TV, como tema da novela global Explode Coração. Outra canção da dupla entrou na trilha da novela O Rei do Gado, a toada caipira Pirilume. Nesse trabalho outros sucessos consolidaram a dupla como uma das mais promissoras do país, como as românticas Minha Estrela Perdida e Não Precisa Perdão.

Em 12 de setembro de 1997, o destino, porém, separou os amigos no auge da carreira, João Paulo faleceu num acidente de automóvel na rodovia dos Bandeirantes, viajando de São Paulo para a sua cidade natal, Brotas. A dupla acabara de lançar o Volume 8; que viria a ser o seu último trabalho, com sucessos já marcantes, como a versão Te Amo Cada Vez Mais, uma das baladas mais tocadas no ano de 1998 em rádios por todo o Brasil. Foram diversos discos de ouro e platina e no oitavo disco, o último de estúdio da dupla, a marca de um milhão de cópias foi batida – e que aconteceu novamente no disco lançado postumamente, denominado de Ao Vivo – Amigo é coisa pra se guardar.

Google Notícias