GAY BLOG BR by SCRUFF

Durante o campeonato australiano de rugby, o National Rugby League, três homens na arquibancada do estádio de Brisbane “roubaram a cena” durante o intervalo do jogo ao darem um beijo triplo durante a tradicional “kiss cam” (que filma as pessoas da plateia se beijando).

A National Rugby League (em português: Liga Nacional de Rugby) é o principal campeonato australiano de rugby league, fundado em 1998 após a unificação da Super League e da ARL.

Beijo gay triplo em estádio esportivo viraliza na internet
Reprodução

POLIAMOR

Existem várias maneiras de o pôr em prática, consoante às preferências dos interessados, e necessariamente deve envolver o consentimento e a confiança mútua de todas as partes envolvidas:

Relacionamento em grupo: quando a relação se estabelece de maneira horizontal entre três ou mais pessoas, ou seja, todas as pessoas se relacionam sexual ou romanticamente entre si sem hierarquia entre as partes. O relacionamento em grupo pode ser aberto ou fechado (polifidelidade). Sendo aberto é possível que as partes se relacionem — sexual ou romanticamente — , dentro de acordos pré-estabelecidos, com pessoas de fora do “grupo nuclear”; já a polifidelidade: envolve múltiplas relações românticas com contato sexual e afetivo restrito a parceiros específicos do grupo.

Relacionamentos paralelos ou rede de relacionamentos interconectados: são os relacionamentos que existem paralelamente, ou seja, X se relaciona com Y e Z mas, Y e Z não se relacionam entre si e podem manter de forma independente também outros relacionamentos romântica ou sexualmente.

Com hierarquia ou sem hierarquia: Nos relacionamentos com hierarquia distinguem-se entre relações “primárias” e “secundárias”, nas relações sem hierarquia, como o próprio nome diz, não existe a priori diferença de importância entre uma relação e outra, há um esforço consciente para se tratar todas as relações da forma mais uniforme possível.

Parceiro Mono/Poli: um parceiro é monogâmico, mas permite que o outro tenha relações exteriores. Na realidade o que muitos chamam de mono/poli é quando uma das partes decide por vontade própria não se relacionar romântica ou sexualmente com terceiros e a outra decide se relacionar, no entanto, não há nenhuma obrigação para que a parte monógama assim permaneça, tendo sempre a possibilidade de se relacionar com outras pessoas.

Os chamados “acordos geométricos”, que são descritos de acordo com o número de pessoas envolvidas e pelas suas ligações.

Exemplos incluem “trios” e “quadras”, assim como as geometrias “V” e “N”. O elemento comum de uma relação V é algumas vezes referido como “pivô” ou “charneira”, e os parceiros ligados indirectamente são referidos como os “braços”. Os parceiros-braço estão ligados de forma mais clara com o parceiro pivô do que entre si. Situação contrastante com o “triângulo”, em que todos os 3 parceiros estão ligados de forma equitativa. Um trio pode ser um “V” , um triângulo, ou um “T” (um casal com uma relação estreita entre si e uma relação mais ténue com o terceiro). A geometria da relação pode variar ao longo do tempo.
Pessoas também podem auto-intitularem-se poliamoristas mesmo não estando em nenhum relacionamento (solteiras) desde que se identifiquem com a possibilidade de relações simultâneas com consentimento e equidade entre as partes.
Relações abertas
A expressão relacionamento aberto indica uma relação romântica estável (usualmente entre duas pessoas) em que os participantes são livres para terem qualquer parceiro sexual. Se o casal que escolhe esta alternativa é casado, fala-se em casamento aberto. “Relação aberta” e “poliamor” não são sinónimos. Em termos genéricos, “aberto” refere-se a uma não exclusividade sexual no relacionamento, enquanto o poliamor envolve a extensão desta não exclusividade para o campo romântica ao permitir que se criem laços emocionais exteriores à relação primordial com certa estabilidade.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"