This article is also available in: English

Com experiência de duas eleições pelo PSOL, o ativista gay Todd Tomorrow agora vem sob o Partido Democrático Trabalhista (PDT) para se candidatar ao cargo de vereador em São Paulo e diz que vai entrar nesta eleição com espírito combativo para um “acerto de contas” com 2018. Com o isolamento social, a internet deverá ser o grande palanque para a comunicação direta aos eleitores.

Neste sábado Todd compartilhou em seu Facebook um print de uma conversa inusitada em um app de pegação. “Vou botar em você”, disse um eleitor, que logo se corrigiu: “*Botar! Desculpe”. Na legenda de sua postagem, Tomorrow brincou: “Tá desculpado, bem…”.

Questionado se fará uso de apps de paquera em período eleitoral, como fez em 2016, Todd confirmou: “Sim, usarei o Scruff”.

Em entrevista exclusiva para o GAY BLOG BR publicada em 1º de agosto, Tomorrow também contou como pretende lidar com a  animosidade entre ciristas e lulistas: “Há muito recalque na política. Traições, complôs. À esquerda e à direita. É um verdadeiro ninho de cobras. Posso contar numa mão as figuras que trocaram algo comigo e que não tinham intenções subterrâneas. Sei que não estou na política pra fazer amigos, mas é um ambiente bastante tóxico. Agora, estamos no pior ano da história brasileira. Não dá pra ficar jogando gasolina no fogo. Tenho proximidade com o programa econômico do Ciro e o social do Lula. Criticas pontuais aqui e ali, mas são lideranças que respeito. Esses dois já trabalharam juntos e alcançaram resultados memoráveis. O melhor pro campo progressista seria se essa briga terminasse. Não precisam ser amigos, não. Mas o patético mesmo é como as redes sociais traduzem tudo isso. Muitas vezes não deixam nada a dever pros bolsominions. Não participo. Meu inimigo é o reacionarismo”, contou.

“Tenho orgulho de ser a pedra no sapato dessa gente”, diz Todd Tomorrow sobre adversários

This article is also available in: English

Google Notícias