Cuecas menstruais são comercializadas a partir de hoje, Dia da Visibilidade Trans

Em comemoração ao mês da Visibilidade Trans, a marca Buscofem fechou parceria com a agência Y&R Brasil para desenvolver cuecas menstruais para o conforto de homens trans, trazendo também esta atenção para a criação de produto para o público T, que geralmente é ignorado pelo mercado.

A ação promocional, que inicia neste 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans, é uma parceria com a Drogaria São Paulo e haverá uma série de produtos que acompanharão a cueca.

De acordo com a nota divulgada, o objetivo da marca é se aproximar da população trans e mostrar que ela está presente em todos os ciclos da vida, independente de gênero.

“Assim como a calcinha menstrual feminina, que é uma calcinha reutilizável capaz de absorver o sangue menstrual, criamos uma cueca menstrual, só que agora desenvolvida para as formas do corpo masculino. Essa ação vem para ajudar muitos homens que mesmo com barba e músculos tem um útero que sangra e passam por um momento emocional doloroso, cheio de contradições. Por fora, você é um homem. Mas por dentro, seu corpo ainda pode ter reações do corpo feminino”, Conta Rafael Pitanguy, VP de Criação da Y&R Brasil.

Cueca Menstrual "joga uma luz" para o assunto no mês da visibilidade trans (Foto: Divulgação)
Cueca Menstrual “joga uma luz” para o assunto no mês da visibilidade trans (Foto: Divulgação)

“Buscofem é uma marca que entende de todas as dores do período menstrual e procura estar sempre próxima de seu público. Ao investir em uma ação como Menstrual, nós escolhemos dar visibilidade e apoio a homens trans que passam por questões ligadas à menstruação, para que possam vivenciar suas histórias integralmente e sem desconfortos”, afirma Fernando Martins, diretor da área de Consumer Healthcare da Boehringer Ingelheim.

HORMÔNIOS MASCULINOS E MENSTRUAÇÃO

Tarso Brant é um conhecido homem transexual (Foto: Reprodução)
Tarso Brant é um conhecido homem transexual (Foto: Reprodução)

De acordo com a ginecologista e obstreta Dra. Guísella de Latorre, os homens trans só deixam de menstruar caso realizem alguma intervenção cirúrgica, como histerectomia, que é quando remove parte (ou totalidade) do útero.

A transição com os hormônios masculinos também pode acabar com a menstruação, mas não é regra, variando de pessoa para pessoa. Ou seja, há aqueles homens que já na primeira dose de testosterona deixam de menstruar, enquanto outros não.

Foto: Reprodução
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek e agora está em busca de novos desafios. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".