Damares Alves se manifesta contra a censura na Bienal

Surpreendendo a princesa do Frozen, Damares Alves disse à Folha de São Paulo que é contra a tentativa de censura do beijo gay em “Os Vingadores: A Cruzada das Crianças“. Segundo ela, a decisão deve ser exclusivamente de cada família.

“Não, não defendo [a censura]. Porque, se o material era para adulto, não era para criança. E se o pai quiser comprar e dar para a criança, a criança pertence à família. Se a família acha que deve dar, a família dá”, disse.

Na mesma entrevista, Damares disse não ter acompanhado o caso por estar fora do Brasil.

CENSURA CHEGOU AO MINISTÉRIO PÚBLICO DO RJ

Damares Alves se manifesta contra a censura de beijo gay em Vingadores

Vale lembrar que recentemente o Ministério Público do Rio de Janeiro abriu um inquérito civil para investigar o pedido irregular de Marcelo Crivella.

O órgão atendeu o pedido de representação de Renato Cinco e Tarcísio Motta, ambos do PSOL, e quem assina a notificação é o promotor Felipe Barbosa de Freitas Ribeiro, da 8ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Cidadania.

“O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, pelo Promotor de Justiça que esta subscreve, dirige-se a Vossa Excelência para recomendar a abstenção de qualquer medida administrativa dirigida à restrição da livre circulação, comercial ou não, de revistas, livros e periódicos de conteúdo LGBT, por meio da imposição da lacração de suas embalagens e da inserção de advertência quanto à natureza do material, salvo nas hipóteses de conteúdo pornográfico, nos mesmos moldes exigidos daqueles que promovem a circulação de materiais desta natureza com narrativa heterossexual”, diz o texto.

Ribeiro também alega que o Estatuto da Criança e Adolescente não autoriza a prefeitura a adotar medidas que “estigmatizam parcela minoritária da sociedade“, criando subcategorias entre as pessoas.

Vale lembrar que na ocasião, a própria organização da Bienal do Livro havia informado que não iria recolher e nem embalar nenhum livro, pois o conteúdo não é considerado impróprio e nem pornográfico.

Damares Alves se manifesta contra a censura na Bienal
Foto: Loja das Pocs