O ator Daniel Newman (38), famoso por sua participação em The Vampire Diaries como Daniel Warren e também na série de zumbis The Walking Dead, está procurando formas de driblar o tédio durante a quarentena e decidiu compartilhar o número do telefone celular. Segundo ele, mensagens com teor sexual serão respondidas.

“Ei todo mundo, enviem mensagens de texto para 1-404-737-1636 ou clique no link na minha bio para salvar meu número em seu telefone.”

O ator se declarou bissexual em 2017 e, recentemente, afirmou no Twitter que tem preguiça em ser passivo, e que ele só seria caso se casasse.

“Eu sou ativo. Sou muito preguiçoso de ser passivo! Risos. Talvez eu seja passivo se me casar. Mas também me sinto muito atraído por ativos, então acho que quem for forte o suficiente vence”, disse.

Esta não é a primeira vez que Newman convida seus seguidores para interagirem de uma forma mais personalizada com ele. Segundo o Queerty, em março ele pediu para as pessoas mandarem mensagens diretas no Instagram com uma foto mostrando seu abdômen e com o cobertor funcionando como um tapa-sexo.

NO HOSPITAL COM SUSPEITA DE COVID-19

Em março, Daniel Newman postou uma foto em um leito de hospital dizendo que estava com suspeita de ter contraído coronavírus, já que recentemente havia voltado da Austrália, onde esteve para o Mardi Gras. O ator ainda se queixou que gastou 9.916 dólares para saber seu diagnóstico em um serviço de saúde particular, já que os Estados Unidos não possuem algo semelhante ao SUS.

View this post on Instagram

Thanks for all the concern! I guess a lot of #WalkingDead fans saw me in the emergency room regarding #CoronaVirus. Sorry I didn’t reply I needed time to process. So here’s what happened. Yes I was just in Australia with Sam Smith, Dua Lipa, and thousands of people from around the world for Mardi Gras Pride. I was exposed to some sick people and I started developing symptoms and then back in the states I was notified someone in our group tested positive for #Covid19. I spent all day calling every urgent care and hospital no one had tests! Finally I found one emergency room that told me my symptoms match and to come in immediately. I did all the tests and they told me because I have “mild symptoms“ the government won’t allow them to process my tests! They don’t have enough they’re not prepared, even though all my symptoms match. They’re only allowed to process “severe symptoms, elderly, or people recently in Italy and China”. It cost me $9,116!! and they didn’t even give me results. They sent me home and tons of other ill people that could potentially infect their communities, just telling us to “self Quarantine“. Why after almost 3 months since China is our country not prepared with tests, masks, hand sanitizer, toilet paper! Why after one day of shaky stock markets did they invest 1.5 trillion into the markets, but not the Healthcare system after three months! This was not a surprise, this was not being prepared. We’ve already gone through #H1N1 #SARS why didn’t we have a pandemic unit ready when this happens every few years!? Everyone please treat each other with kindness and Love ❤️! We are all going through this together. Young people are not immune, thousands of people are dying around the world. Please be safe, wash your hands, stay 6 feet or more away from people and stay home. I love you guys so much you can get a hold of me on here or Twitter if you need to talk I’m here for you. Love – D

A post shared by DANIEL NEWMAN +1-404-737-1636 (@danielnewman_) on

Vale lembrar que em junho de 2017 ele foi convidado para ser capa da revista Attitude, publicação britânica voltada para o público gay e fez um ensaio fotográfico.

Reprodução - Attitude Magazine
Reprodução – Attitude Magazine
Reprodução - Attitude Magazine
Reprodução – Attitude Magazine
Reprodução - Attitude Magazine
Reprodução – Attitude Magazine
Reprodução - Attitude Magazine
Reprodução – Attitude Magazine
Reprodução - Attitude Magazine
Reprodução – Attitude Magazine
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".