Estima-se que 135 mil brasileiros não sabem que estão com vírus HIV

Segundo um levantamento feito pelo Ministério da Saúde (via G1), estima-se que 153 mil brasileiros não sabem que são portadores do vírus HIV. O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, que é realizado todo dia 1 de dezembro, incentiva as pessoas que não fizeram o teste para procurar uma unidade de saúde e realizá-lo.

De 1980 até 2019, foram diagnosticado 966.058 casos de vírus HIV no país. Segundo o diretor do departamento de doenças crônicas e infecções sexualmente transmissíveis, Gerson Pereira, a conscientização do diagnóstico é importante porque, com tratamento, a pessoa com HIV pode ter o mesmo tempo de vida que uma pessoa que não está com o vírus.

“Se essa pessoa mantiver o tratamento regular, pode ter uma vida normal, assim como quem tem diabetes ou hipertensão. Mas para isso, é importante ter o diagnóstico cedo, tratar imediatamente e se manter em tratamento” – disse.

Dia mundial de combate a AIDS / HIV ocorre no dia 1 de dezembro
Dia mundial de combate a AIDS ocorre no dia 1 de dezembro (Foto:Reprodução)

O estudo também informa que casos de AIDS reduziram em cerca de 13,6% entre os anos de 2014 e 2018, enquanto a mortalidade em decorrência da condição diminuiu em 22,8%. Ainda segundo o Ministério da Saúde, com o tratamento é possível que a carga viral fique indetectável.

Com uma campanha que se iniciou no último dia 28 de novembro, o Ministério da Saúde utiliza o slogan “HIV/AIDS. Se a dúvida acaba, a vida continua”.

Todo o tratamento contra o HIV e AIDS é oferecido pelo SUS gratuitamente. Até dezembro deste ano, o governo espera distribuir 462 milhões de camisinhas e 7,3 milhões de preservativos femininos. Já os testes rápidos de HIV devem chegar “a casa” dos 12,1 milhões.

“O maior desafio ainda é o medo” disse o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta.

Entre as gestantes, foram 125.144 pessoas infectadas com o vírus HIV entre os anos 2000 a 2019. Chamado de “transmissão vertical”, o vírus do HIV pode ser transmitido para o neném durante a gestação, parto ou a amamentação. Desses, o maior número é de jovens de 20 a 24 anos, representado um total de 27,8%.

Segundo um levantamento feito pelo Ministério da Saúde, estima-se que 153 mil brasileiros não sabem que são portadores do vírus HIV.

Leia também: Dia 1 a 8 de dezembro, Sesc São Paulo realiza programação sobre HIV.