Até 18 de fevereiro, sempre na hora do almoço, a escadaria externa do Theatro Municipal de São Paulo será palco para a “Semana de Arte contra a Barbárie”, movimento que conta com uma diversidade de linguagens e gêneros em todas as suas expressões e visa refletir sobre a importância da arte na vida de todos.

andresiveron
Foto: @andresiveron

Organizado pelo Artigo Quinto, movimento criado em julho de 2019 para defesa da liberdade de expressão, a “Semana de Arte contra a Barbárie” coincide com os dias da Semana de Arte Moderna de 1922 e reúne artistas da música, do teatro, do cinema, do circo e da dança para a urgência da liberdade não apenas para quem cria, mas também para o público, a quem deve ter preservado o direito de escolher o que quer ver, ler e ouvir.

A "Semana de Arte contra a Barbárie" coincide com os dias da Semana de Arte Moderna de 1922 e reúne artistas de todos os segmentos
Foto: reprodução/Facebook

PROGRAMAÇÃO – Semana de Arte Contra a Barbárie

16 Fev . DOM – 12h às 14h30
Escadaria do Theatro Municipal – São Paulo, SP

Aury Porto – Mestre de Cerimônia e Leitura do Manifesto
La Mínima (circo-teatro)
Sussurro Poético (poesia)
Bia Salles (poesia)
Hamilton Faria (poesia)
Michelli Gabriolli e outros – Murro em ponta de Faca (teatro)
Fio da Terra (circo)
Jonathan Silva, Filpo e Coro Cia do Tijolo música)
Pedro Vicente e Fernando Alves Pinto – Manifesto Ultrágico
Oscar palhaço (circo-teatro)
Elcio Fonseca (poesia)
Cesar Augusto (poesia)
Celio Turino (poesia)
Sônia Ushiyama (shodo – a arte da caligrafia japonesa)
Danilo Tomic (shakuhachi – flauta japonesa)
Bloco dos Bonecões Eu não sou marionete não
Carnaval Sombrio: será que a música e a esperança vão desaparecer?
Coreografia do Samba do Artigo Quinto (criada por dez coreógrafos)

17 Fev . SEG – 12h às 14h30
Escadaria do Theatro Municipal – São Paulo, SP

Roberta D’Alva e Carlos Biaggoli – Mestres de Cerimônia e Leitura do Manifesto
Fabiana Cozza e Cristiano Cunha (música)
Pascoal da Conceição (poesia)
Velha Cia – Valéria e os pássaros, de Sinisterra (teatro)
CrêSer (música)
Cia. Caminhando – Luzeiro (teatro)
João Silva (performance)
Poetas (Roberta Estrela D’ Alva, Lucas Afonso, Jéssica Campos, Kimani, Felipe Marinho, Pam Araújo, Thiago Peixoto, George Furlan)
Cia Rocokóz (circo-teatro)
Gab Bassani e Wesley Uchoa – Lugar de FÁbuLA (performance)
Anne Courtois – Favor tocar (performance)
Mariana Molinos – Meltdown (performance)

18 Fev . TER – 12h às 15h
Escadaria do Theatro Municipal – São Paulo, SP

MC Eduardo Silva
Cassio Scapin, Fabiano Augusto e Denise Fraga – Leitura Manifesto
Samba do Artigo Quinto com coreografia (Revista do Samba, Regina Machado e Simone Sou)
Banda Mirim (música-teatro-circo)
Orquideas do Brasil (música)
Chico César (música)
Leticia Coura e Revista do Samba (música)
Victor da Trindade (música)
Mc Kunumi + Olívio Jekupé (Guarani)
Izabel Padovani e Ronaldo Sagiorotto (música)
Simone Sou (música)
Chico Salem (música)
Lucas Santana (música)
Negravat (música)
Coral Adulto da EMESP (música)
Leitura Manifesto e Samba do Artigo Quinto com coreografia
Kavernistas (música)
Bloco Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro
Coletivo Linhas de Sampa e Coletivo Flores pela Democracia

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos De Azevedo, s/n – República, São Paulo – SP, 01037-010