GAY BLOG BR by SCRUFF

Um vídeo de 2018 viralizou recentemente no TikTok com o ator de “How To Get Away With Murder” falando abertamente sobre ter tido experiências sexuais com outros homens. Nele, o ator Matt McGorry, conhecido também pelo papel de John Bennett em “Orange Is The New Black”, diz que é preciso falar honestamente sobre a expressão sexual e não tratar a sexualidade como problema.

Matt McGorry sobre experiências com homens quando jovem: "É tão comum e não é vergonha"
Cena de “Orange Is The New Black” – Reprodução

“Quando eu era novo, assim como vários homens héteros, eu experimentei ouros homens. E isso é algo muito comum, mas ninguém fala sobre isso”, disse Matt McGorry.

“O que isso significa?” – responde o ator e diretor Justin Baldoni

“Tipo, experimentação física. Eu não acho que defina a sexualidade porque eu sou hétero e nunca me senti atraído por homens, mas há uma grande coisa onde – e eu não preciso ir em todos os detalhes – mas você sabe… tentamos algumas coisas. Eu tinha tanta vergonha sobre ter feito isso por anos e eu pensava ‘serei famoso algum dia’ e, talvez, alguém vai descobrir e vai me destruir. E talvez até naquele momento era um pouco menos aceitável. Mas falei em um painel, há pouco tempo, e pensei: ‘Vou dizer isso aqui’. E quando você mostra isso, não apenas está dando às outras pessoas a força para viver suas vidas mais verdadeiras, mas também faz com que as pessoas vejam você com autenticidade”, conclui.

Assista, a partir do minuto 14:

Homens que fazem sexo com homens e não se identificam como gays

Segundo o estudo do filósofo e sociólogo Adriano Henrique Caetano Costa em “Homens que fazem Sexo com Homens (HSH): Uma categoria, muitos significados“, a cultura sexual gera questões ambivalentes, tendo em vista que é possível um homem fazer sexo com outro homem e não ser, ou não se identificar, enquanto homossexual.

Especula-se que isso aconteça por uma herança machista da sociedade, em especial aqueles que só sentem atração sexual por mulher, porém, tendem a ter um comportamento sexual ativo em uma relação com outro homem como forma de reforçar seu papel masculino, como se “ser ativo” em uma relação entre dois homens não implicasse, necessariamente, em ser gay.

Já o biólogo conhecido como Pirulla em seu vídeo “homossexualidade, um ponto final“,  diz que muitos adolescentes têm experiências homossexuais mesmo sendo héteros, sendo um comportamento que tende a acabar na vida adulta. O mesmo vale para muitos homossexuais que têm experiências héteros ao longo da vida, mas continuam sentindo atração apenas por pessoas do mesmo gênero.

Então entende-se que há duas vertentes: o desejo sexual e o comportamento sexual. A pessoa é homossexual se ela deseja alguém do mesmo sexo, mesmo que se comporte e tenha relações exclusivamente heterossexuais ao longo da vida ou esporadicamente, como é o caso de muitos ex-gays que renunciam o seu desejo em prol do que acham correto. O mesmo vale para os heterossexuais que, por alguma razão, se relacionam com pessoas do mesmo sexo.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"

1 COMENTÁRIO