GAY BLOG BR by SCRUFF

O pianista Nelson Freire morreu, aos 77 anos, em sua casa, na madrugada deste dia 1 de novembro, deixando o marido, o médico Miguel Rosário, e um irmão. A causa da morte não foi divulgada. As informações são do G1.

O corpo de Freire será velado na próxima terça-feira, dia 2, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e o público poderá se despedir ele das 11h às 16, no foyer. Depois, o corpo será sepultado no Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Norte da cidade, às 17h.

Nelson Freire nasceu no dia 18 de outubro de 1944 e começou a tocar piano aos 3 anos ao ver sua irmã mais velha estudar o instrumento. Aos 5, fez seu primeiro recital, no Teatro Municipal de São João del Rei.

Com 12 anos ele foi à Europa para estudar piano e, com 15, já dava seus primeiros concertos. Consagrado pela crítica europeia, Nelson se apresentou em grandes orquestras e era conhecido por ser um grande intérprete de Chopin, fazendo também obras dedicado à Debussy e Villa-Lobos.

Morre pianista Nelson Freire aos 77 anos
Reprodução

Em 2003, o cineasta João Moreira Salles lançou um documentário sobre a vida e a obra de Freire. O filme mostra a rotina e as turnês mundiais do maior pianista brasileiro de seu tempo. O público conhece a infância, os primeiros acordes e os sacrifícios feitos pela família.

Já em 2015, o escritor Ricardo Fiúza lançou um livro sobre a vida e obra de Nelson Freire. Os dois eram amigos desde os anos 1950. O resultado de mais de 20 anos de trabalho se transformou no livro “Nelson Freire: a pessoa e o artista”.

“Com cinco anos de idade, ele escutava a irmã mais velha tocar. Ela saía do piano. Ele subia devagarinho, com muito cuidado, e tocava o que ela acabou de tocar”, contou Ricardo Fiúza

Entre as comendas e distinções recebidas por Nelson Freire, destacam-se as de Cidadão do Rio, Cavaleiro da Ordem do Rio Branco, Medalha Pedro Ernesto, Cavaleiro da Legião de Honra da França, Comandante de Artes e Letras da França, Medalha da Cidade de Paris e da Cidade de Buenos Aires, além do título de doutor honoris causa da Faculdade de Música da UFRJ.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"

8 COMENTÁRIOS