This article is also available in: English

A cantora Pabllo Vittar participará do podcast De Fora Pra Dentro para debater sobre o universo drag e explicar como a quarentena afetou seu cotidiano. Junto dela estará o psiquiatra Harley Machado e o dermatologista Thiago Cunha, que apresentarão o programa. A ideia é explorar a intercessão entre saúde mental e autoestima, além de seus impactos na formação da subjetividade.

Vittar comentará sobre sua nova rotina, já que no isolamento ela tem mais tempo para cuidar de si, além de rever questões antigas e refletir sobre muitos assuntos que formaram sua personalidade. Além disso, ela também falará sobre os desafios para manter sua pele saudável mesmo com o frequente uso de maquiagem e sobre como o isolamento social impôs a necessidade de novos cuidados em sua vida pessoal e profissional.

Outros assuntos também serão abordados no podcast, incluindo sua infância, em como ela via os LGBTQIA+ nessa época, e que mudanças houveram na sociedade até então. Ela também falará sobre os cuidados com sua saúde, já que ela anda cuidando mais da alimentação, deixou de fumar, e está se preparando bastante.

O podcast “De Fora para Dentro” é produzido pela Pod360, maior hub de podcasts do Brasil, e está disponível nas principais plataformas de áudio de streaming toda quinta-feira com um novo episódio. É possível acessar através deste link.

Vale dizer que a drag queen recentemente recebeu uma mensagem do grupo k-pop Blackpink junto da norte-americana Selena Gomez convidando-a para ouvir a música “Ice Cream”. Vittar compartilhou no Twitter.

A drag diz que é muito fã do grupo e disse em outro tweet, ao responder a um amigo: “Eu tô tremendo até agora, a minha vontade era vir aqui mostrar para você na hora e a gente gritar junto”. 

Ice Cream” estreou na última sexta e já tem 147 milhões de visualizações.

This article is also available in: English

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".