Nesta última quarta-feira, dia 16 de setembro, o Papa Francisco se reuniu com 40 pais e mães de pessoas LGBTQIA+ da Associação Tenda di Giornata, entidade italiana que incentiva comunidades cristãs a acolherem pessoas da comunidade

GAY BLOG BR by SCRUFF

“O Papa ama seus filhos assim como são, porque são filhos de Deus” disse Francisco, de acordo com o jornal católico Awenite (via Isto É), ganhando também um livreto que reúne experiências eclesiásticas das famílias cristãs que possuem um LGBT na família e uma camisa com as cores do arco-íris. Junto, havia a frase bíblica “Não existe medo no amor”.

A vice-presidente da associação, Mara Grassi, disse que a iniciativa é fundamental para criar “uma ponte” entre a igreja e os membros da comunidade.

“Queremos criar uma ponte com a Igreja para que ela possa mudar o olhar para nossos filhos, acolhendo-os plenamente ao invés de excluí-los” – disse.

O papa já se manifestou positivamente em relação aos LGBTQIA+ anteriormente, dando diversas declarações de que não deveria julgar as pessoas por sua orientação sexual. A postura não agrada tanto uma ala mais conservadora da Igreja, que considera-o herético.

Papa Francisco a pais de LGBTQIA+: "São filhos de Deus"
Reprodução

Papa Francisco saúda casal gay de Curitiba por batizar filhos

Em agosto de 2017, um assessor do papa Francisco cumprimentou em nome do pontífice um casal homossexual de Curitiba pelo batismo católico dos três filhos adotivos, segundo carta enviada pelo Vaticano e publicada nesta segunda-feira por um dos pais.

“O papa Francisco lhes deseja felicidades, invocando para a sua família a abundância das graças divinas, a fim de viverem constante e fielmente a condição de cristãos”, diz a carta endereçada a Toni Reis pelo monsenhor Paolo Borgia, assessor da Secretaria de Estado do Vaticano.

Segundo Reis, que publicou uma foto da carta em sua conta no Facebook, ele e seu esposo, David, enviaram em abril uma carta ao pontífice contando sobre o batismo de seus três filhos, Alyson, Jéssica e Filipe, em uma igreja de Curitiba.

À espera de uma confirmação, fontes do Vaticano minimizaram a eventual importância da carta, dizendo que Francisco sempre tenta responder positivamente às milhares de cartas similares que recebe diariamente.

“Não esperávamos uma resposta. Receber uma carta do Vaticano com selo, fotografia autografada do papa é a glória!”, disse Reis em entrevista por telefone à AFP.

Padre renuncia após se apaixonar por músico e é aplaudido por fiéis

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".