GAY BLOG BR by SCRUFF

A conservadora Santa Cruz do Rio Pardo, em São Paulo, elegeu um prefeito abertamente gay. Ao vencer as eleições com votação expressiva, de mais de 65% da preferência dos eleitores, Diego Singolani (PSD), 32 anos, viu em sua vitória um sinal, ainda que incipiente, de uma mudança de mentalidade.

“As pessoas estão mudando de mentalidade quando o assunto é escolher quem vai comandar sua prefeitura. Elas não se interessam mais tanto pela vida pessoal do candidato, a população quer eficiência. E tenho certeza que fui eleito pelo meu trabalho e não pelo que faço de minha vida enquanto indivíduo”, disse o futuro prefeito ao G1.

Reprodução

Diego Singolani trabalha há 16 anos na saúde da cidade, primeiro como gestor na área privada, mas nos últimos seis anos como secretário municipal de Saúde, no governo de Otacílio Parras. Após a vitória do último dia 15, ele reassumiu o cargo na pasta e fica como secretário até mudar de cadeira e virar prefeito.

“Fui eleito pelo meu trabalho, e mesmo a oposição tentando desviar esse foco falando sempre na questão da ‘família tradicional’, a população não se deixou influenciar. Essa vitória foi um grande exemplo de inclusão, pois não é raça, cor de pele, credo ou orientação sexual que te vai fazer diferente”, diz Diego.

“Não neguei em nenhum momento minha orientação. Fui casado por nove anos com um homem, e não tenho porque esconder quem sou. Só não usei isso como lema de campanha, porque, como gestor de políticas públicas, que contemplam proteção à mulher, ao LGBT, já transito por isso. As políticas sociais devem ser para todos”, disse ele à jornalista Aline Ribeiro, do jornal O Globo.

Até por isso, e por admitir não ser um ativista ativo da causa gay, Diego Singolani diz que jamais usou sua orientação sexual para obter benefícios na disputa eleitoral.

Reprodução

O prefeito eleito admite que a oposição conservadora tentou usar sua orientação sexual, mas sempre com ataques de forma indireta, com uso de chacota, e em momentos de campanha no corpo a corpo, nunca de forma documentada ou nas redes sociais.

Diego segue morando com a família e disse que, atualmente, está solteiro. Por isso, uma das “novidades” da nova administração santacruzense será a indicação de sua mãe como presidente do Fundo Assistencial de Solidariedade, cargo normalmente ocupado pelas primeiras-damas. “Minha será a minha primeira-dama”, brinca Diego.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.