Ainda como medida de contenção ao coronavírus, o prefeito de São Paulo Bruno Covas anunciou nesta sexta-feira, 24, o adiamento do carnaval 2021 e o cancelamento da edição 2020 Parada do Orgulho LGBT+, que havia sido prorrogada para novembro. O tradicional réveillon na Avenida Paulista já havia sido cancelado oficialmente na última sexta-feira.

- CURTA A PÁGINA DO FACEBOOK -

Ainda que a data para o carnaval não esteja definida, Covas disse que as atividades festivas deverão ocorrer a partir de maio.  A data da próxima Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo presencial está marcada para o dia 06 de junho de 2021.

“A Parada no ano passado juntou três milhões e trouxe um benefício de R$ de 404 milhões. Eu gostaria de agradecer à organização por entender esse motivo e cancelar a realização da parada de forma voluntária em 2020”, disse Bruno Covas.

parada gay
Foto: Fernanda Monteiro.

Parada Solidariedade

O produtor cultural Heitor Werneck está à frente da #PARADASOLIDARIEDADE na captação de recursos e produtos que serão levados diretamente às ONGs cadastradas junto à ASSOCIAÇÃO DA PARADA DO ORGULHO LGBT, de São Paulo. A campanha visa urgência pela aproximação do inverno, onde a vulnerabilidade aumenta. Continue lendo.

Google Notícias