Há alguns anos que o candidato à presidência do PSL, Jair Messias Bolsonaro, vem alertando sobre a possível implementação do ‘Kit Gay’ nas escolas públicas. O assunto voltou à tona após a sabatina no Jornal Nacional, onde o candidato apresentou o livro “Aparelho Sexual e Cia” como parte do ‘kit’.

GAY BLOG BR by SCRUFF
kit gay bolsonaro
Bonoro em sabatina no Jornal Nacional. Foto: reprodução

O MEC já havia desmentido a informação anos anteriores e tornou se manifestar (juntamente com sites de checagem de notícias) que nunca houve compra deste título da escritora francesa Hélène Bruller e ilustrado pelo cartunista suíço Zep. O livro, inicialmente no mercado pela editora Companhia das Letras, estava fora de catálogo e agora voltará a ser distribuído por conta da publicidade que o candidato fez em rede nacional.

O termo “Kit Gay” foi criado com caráter pejorativo para se referir ao projeto Escola Sem Homofobia. O material – composto por um caderno, impressos e peças audiovisuais – foi encomendado pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados ao Ministério da Educação (MEC) e elaborado por um grupo de ONGs especializadas, em conformidade com as diretrizes de um programa do governo federal lançado anteriormente, em 2004. Quando houve a polêmica sobre o seu conteúdo, em 2011, Haddad estava no comando do MEC. É possível baixar o PDF do projeto ‘Escola Sem Homofobia’ aqui.

Sobre esta confusão, uma professora do ensino público se pronunciou:

Reprodução/Facebook

E sobre o ensino de sexualidade nas escolas, a sexóloga Laura Muller explicou do que se trata – em um pouco mais de um minuto:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

4 COMENTÁRIOS

  1. […] O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a remoção de postagens no Facebook e no YouTube em que o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, critica o livro “Aparelho Sexual e Cia.” e afirma que a obra integraria material a ser distribuído a escolas públicas (chamado por ele de ‘kit gay‘). […]